Uma proposta bacana, que deveria ser copiada…

Recentemente, o Correio da Bahia convidou quatro estilistas para criarem roupas a partir do uniforme dos operários do Arena Fonte Nova, estádio de Salvador que está sendo reformado para a Copa do Mundo de 2014. A idéia é interessante e poderia ser repetida com uniformes de operários de outros estádios do Brasil onde haverá jogos da Copa…

O exercício criativo de transformar a roupa do operário, ligada somente à funcionalidade, em algo fashion, não é tarefa fácil. Se, por um lado, é essencial usar a criatividade, por outro, deve-se ter cuidado para não haver a completa descaracterização da identidade que aquela roupa representa…

Os uniformes, calça e camisa cinzas de brim, ganharam novas formas, cores, acabamentos e até estampas. O capacete e as botas, elementos de segurança obrigatórios, continuaram intactos para compor os looks

Todas as peças ficaram ótimas, mas, em minha opinião, a que merece destaque é esta à esquerda, do estilista Daniel Montheiro (da marca Thereza Priore)…

Daniel criou algo simples e feminino, sem descaracterizar por completo o uniforme: uma chemise com elástico na cintura e na barra, criando leve balonê. A aplicação de bolas amarelas de couro conferiu graça e jovialidade ao look, assim como algumas flores de chita na lateral esquerda…

Outra proposta bacana, que inclusive já está sendo executada há algum tempo, é a da criação de bolsas a partir dos uniformes que seriam descartados, mas que agora são higienizados e transformados pelo Projeto Axé. Uma iniciativa sustentável que não só contribui para o meio ambiente como gera oportunidade para os jovens assistidos pela entidadeA estilista Luciana Galeão também está envolvida no projeto, que, além de bolsas, cria aventais, jogos americanos, porta-celulares e nécéssaires

Fotos de Angeluci Figueiredo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *