Os 54 cavalos de corrida de Marlene Serrador salvos na inundação

HOUVE HARAS na Região Serrana em que animais morreram. Mas há também a boa notícia de haras, como o da Associação dos Criadores de Cavalos de Corrida Puro Sangue, no Km 72 da Rio Bahia, em Teresópolis, em que todos os 54 animais foram salvos, graças à ação rápida dos 28 funcionários….

PRESIDENTE DO haras, Marlene Serrador conta que a água subiu um metro e meio e os funcionários, a nado, salvaram os animais. Quase tudo foi perda total: as nove casas no haras e também a casa de Marlene. Mas a prioridade foi salvar os animais. Marlene está comprando tudo novamente para os funcionários e recebendo ajuda. Amanhã, ela vai a Teresópolis levar as doações recebidas e as compras, mas lamenta: “Eles perderam tudo, tudo. Estão com a roupa do corpo.”…

PARA ABRIR caminho para o caminhão, cortando troncos e galhos que impediam a passagem Marlene, que é pró-ecologia total, precisou comprar o que jamais imaginaria: uma serra elétrica! Enfrentando o mau momento de frente, ela coloca mãos à obra: “Há muito trabalho a fazer em toda a cidade. Famílias inteiras precisando de colchões, colchonetes, roupas íntimas, água, comida. É muito triste, mas não perdemos a esperança”, diz…

MESMO ASSIM, Marlene considera que seu haras, onde não houve mortes, foi privilegiado, e não pretende transferir seus animais para o Rio. Eles estão sendo tratados no próprio local, onde, pouco a pouco, as coisas se normalizam. A energia elétrica, embora ainda sem muita potência, foi restabelecida ontem. Os telefones ainda não têm data para voltar a funcionar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *