O CONDOMÍNIO MARAVILHA, QUE HABITA DENTRO DO CASA COR

Fui visitar o Casa Cor. Aliás, fomos visitar, porque nada faço sem a companhia de vocês, leitores amados, e de minhas ararinhas azuis…

Pink Paranaguá
Desde o lobby concebido pelo Pedro Paranaguá, que, com sua vivência de homem do mundo, teve a sabedoria de manter tal e qual o piso mosaico de pastilhas, de valorizar o pé direito altíssimo, fazendo dele sustento para objetos de arte, de deixar evidentes os vestígios da decoração original e de destacar o corrimão de ferro antigo trabalhado, pintando de shocking pink Schiaparelli a parede no fundo, homenageando o mundo da moda na exposição fotográfica que sobre a escada…

Além disso, Pedro transformou o elevador antigo numa instalação dentro de um aquário de vidro. Ele é muito elegante…

Maravilha de condomínio
Tomando o rumo da esquerda, encontramos o grande living do Erick Figueira de Mello. A proposta deste Casa Cor é de aquele ser o prédio de um condomínio. Pergunto à minha cicerone que nome teria esse condomínio. Patricia Mayer pensa dois segundos e, na hora, cria um: “Condomínio Maravilha”. Nome ótimo…

O condomínio está mesmo algo maravilhoso, sobretudo se formos considerar o espaço do Erick, amplo, importante, equilibrado, sem excessos, cortinas brancas, Moriconi de metal na parede, Iole de Freitas, Amilcar de Castro, sofisticação em cada detalhe…

Pontos altos
Em seguida, o ambiente de Márcia Müller e Julia Abreu. Eu e Márcia somos amigas. Mas não é a amizade que conta aqui nessa avaliação. Seu Business Center e de Julia, tendo o sépia como base, está sóbrio, classudo, bastante masculino (Müller costuma ser essencialmente feminina em seus projetos) e criativo. Os couros, os mapas e o revestimento de parede enquadrado, dando a impressão de obra de arte, são os pontos altos do espaço que é, no doubt, um dos pontos altos de toda a mostra…

O jardim de Ana Luiza Rothier consagra a paisagista…

Boas credenciais
Gisele Taranto vem com as importantes credenciais de ser a decoradora preferida dos colecionadores Fainziliber, casal do momento, donos de várias residências, não só no Brasil. Mara empresta seu auxílio luxuoso, nas obras de artistas como Adriana Eu e Ivan Grillo. Mas gostaria de ver outros projetos de Gisele para formar opinião…

Corredor falante
O corredor com curadoria de Vanda Klabin, que forrou as paredes com trabalhos de Joana Cesar, traz o coração à boca, aflora os sentidos, emociona. E se você aguçar os ouvidos e a imaginação há de ouvir os ruídos todos de uma república de estudantes, como foi, noutros tempos, aquele prédio, a Casa do Estudante do Brasil

Fiquei pensando… Que sorte a nossa termos a Vandinha a transitar nesses dois mundos,  o da alta arte e o da alta corte do Rio de Janeiro, unindo a ponta do talento com a do bom gosto. Somando a sensibilidade ao refinamento. Chamar Vandinha Klabin para ser, ali, a curadora, foi um gol do Casa Cor…

Smoke get into your eyes
Paola Ribeiro criou um Cocktail Bar do jeito que quem gosta de beber gosta: confortável, agradável aos olhos, atraente porém sóbrio, meia luz, ambiente parecendo bastante usado e frequentado, onde muita conversa já rolou, muitas histórias foram ouvidas e contadas, laços se fizeram e se desfizeram… e uma impressão de fumaça de bar inglês de antigamente no ar. Mesmo que fumaça não haja…

Cadeiras na parede
As cadeirinhas de Arnaldo Danemberg decorando a parede do Restaurante –  ambiente muito agradável e elegantemente descontraído, da arquiteta Angela Leite Barbosa – são um achado e uma distração o tempo todo. Angela, a cada participação no Casa Cor, nos supreende. E sempre de modo positivo…

Flores e plantas

As esculturas de flores e plantas de Maritza de Orléans e Bragança, na varanda do segundo andar, compondo com as almofadas de pássaros de sua cunhada, Lelli, causam efeito muito bonito…

Quem sabe
Solange Medina decorou um apartamento inteiro. Ela bem sabe como gostam de morar as pessoas ricas, que viajam, frequentam bons hotéis e conhecem o conforto. O apartamento de casal de Solange, em todos os tons neutros elegantes e harmoniosos, há de ser bastante disputado pelos exigentes e abastados moradores deste “Condomínio Maravilha”…

Inspirador
O Lounge de Paula Neder é bem agradável de se estar. A turma do Condomínio Maravilha há de fazer ponto por ali para trocar dois dedos de prosa ou colocar a leitura em dia. O ambiente inspira, atrai…

Acerto
Mercearia da Casa, do Edgard Octavio, loucas brancas presas na parede, estante de vidro antiga, usada para expor os produtos de delicatessen, móveis de Danemberg, paredes revestidas pela Orlean. Um acerto em cada cm²…

Ah, os produtos fresquinhos chegam das fazendas para vender diariamente e também a cachaça artesanal mineira Bendita, de Julio Avellar e Claude Troisgros

Presenças compactas
Pausa para falar da importância, neste Casa Cor, de Arnaldo Danemberg e da Orlean. Esta última, compreende-se sua presença compacta na mostra, como sua patrocinadora master que é. Seus revestimentos estão em pelo menos 70% dos espaços. O que apresenta é criativo, de bom gosto, bonito. O antiquário Danemberg não fica atrás, com seu mobiliário antigo utilizado por grande parte dos expositores. E ele não é patrocinador master. Sequer é patrocinador. É admirado mesmo!…

Exemplo de como a Orlean acontece nesse Casa Cor: o Apartamento Carioca de Alexandre Lobo e Fabio Cardoso e a Lavanderia de Claudia Pimenta e Patricia Franco. Ambientes bem sucedidos. E a Orlean participou bem…

Mereceu a escada
Conhecer o Laboratório Gourmet de Duda Porto, misturando madeira, mármore, tijolo aparente, valeu a subida da escadaria. Valeu, Duda!…

Bossa Trio
O trio de arquitetos Marianna Dornelles, Filipi Sartori e Lucia Arnaud criou com bossa uma joalheria do Joia Brasil, transformando móveis prosaicos em vitrines e com pinturas iluminadas com led na parede. Lá, a cada semana um joalheiro ocupa o espaço. Nesta está a Henriqueta Hermmany..

Caris-Bowsky
Grabowsky confirma seu estilo de criatividade ousada e colorida. Mesclando o design ao retrô. Vi gente entrando no seu Loft + Rio e soltando gritinhos de “quero morar aqui!”. O trabalho do Grabowsky é tão carismático quanto ele mesmo…
Parando por aqui, porque não vi tudo. Depois volto, pra gente (eu + vocês) terminar nosso tour por um dos mais belos Casa Cor que já visitei…

Na próxima vez, tomo embalo com meus joelhos e subo direto ao quarto andar, para conhecer o Flash Back Bar, dos arquitetos Beto Figueiredo e Luis Eduardo Almeida, ouvir um bom rock’n’roll,  relaxar, tomar um drink e deixar a música me levar, junto com o vistão…

O Casa Cor 2012 revela surpresas em ambientes cheios de ideias de acabamento, pisos, revestimentos, arte, além ser um presente à cidade, instalado num imóvel que tem a melhor cara do Rio. Do Rio de Janeiro com tradição…

3 ideias sobre “O CONDOMÍNIO MARAVILHA, QUE HABITA DENTRO DO CASA COR

  1. Prezada hilde,
    na semana do Athina O. Horse Show, que alias amamos ter visto, visitamos tb a Casa Cor. Que maravilha, nao tenho palavras …., sera que o predio vai ficar mais 40.. anos fechado? que pena.. Creio que a Bulgari faria um hotel de cair o queixo.
    Vc como jornalista nao poderia agitar neste sentido, pergunto eu ingenuamente?
    Sua fiel leitora de Sao Paulo,
    Annkarin Aurelia Kimmelmann e Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *