Maria Frering, a nora que Diana aprovaria

Quando Maria Frering desembarcou no Morro do Pão de Açúcar agora à noite foi aquele zumzumzum. Afinal, sempre foi praticamente uma unanimidade em todas as altas rodas do primeiríssimo mundo que Maria seria a noivinha sob medida para os filhos da princesa Diana. Especificamente, de Harry, mais próximo de sua idade…

Isso se especula desde que ela, aos 15 anos, debutou e arrasou, magnífica, entre todas as princesinhas, coroadas ou não, de sua geração, no baile famoso do Hotel Crillon, em Paris. Maria estava uma aparição, um desbunde, uma jovem para 500 talheres, e todas as revistas internacionais que cobriram o evento deram a ela o destaque maior. Especialmente as revistas que cobrem a nobreza…

Os Frering viveram muitos anos em Londres, onde Maria estudou. Seria natural que, frequentando amigos que conhecem mútuos amigos, eles acabassem se conhecendo e aí, meus amores, diante da beleza estonteante dela e de todos os predicados de ambos, o namoro fosse inevitável. Era essa a análise que todos os experts nos assuntos do coração da nobreza faziam. Mas o namoro não aconteceu…

E vejam como ela chegou absolutamente arrasadora ao Sugar Loaf. Será que Harry vai resistir? E ela, será que vai se encantar por ele? Os que acreditam em contos de fadas estão na torcida. Quem? Eu, por exemplo…

MG 07201 Maria Frering, a nora que Diana aprovariaMG 0718 Maria Frering, a nora que Diana aprovaria

Maria Frering, espetacular, uma princesinha sob medida para Harry, no Morro da Urca… E Harry, um príncipe perfeitinho pra ela… Tomara que Cupido não esteja de férias hoje…

Fotos Sebastião Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *