Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Não vou chamar Roberto Halbouti de “advogado das estrelas” porque ele é bem mais do que isso. Ele advoga para os grandes nomes da literatura brasileira e seus herdeiros, para os grandes do nosso teatro, de nossa MPB, da música erudita, da moda, e não obrigatoriamente para as celebridades de ocasião. O elenco de sua clientela reflete a pessoa que é: um homem de cultura…

Como gosta de fazer, pois é um sentimental, Halbouti abriu o apartamento bonito na Atlântica, no sábado, celebrando o aniversário, que foi há alguns dias. O dia estava ensolarado e a coleção de vasos Vieux Paris, que ocupa toda a estante de parede inteira que o acompanha desde a infância, estava mais luminosa do que nunca. Os amigos comentavam: “Roberto, você sempre deveria receber de dia, seus vasos nunca apareceram tanto”. Os livros que ocupam cada espaço das prateleiras são todos já lidos. Daí que podem servir apenas de fundo e moldura para os vasos, cada um com uma história. Muitos deles presenteados pelo amigo saudoso do Roberto, e meu, bem como da Belita Tamoyo, outra presente, Martin Trinchant. Volta e meia, ele mandava um belo Vieux Paris para Halbouti, de quem era cliente. E este perguntava: “Por que mais esse presente?”. “Para que quando eu morrer você se lembre de mim”, respondia espertamente o Martin, que todos os dias é lembrado por Roberto em sua sala, e era naquela tarde lembrado por todos nós…

Outra lembrança afetiva colocada sobre o mobiliário: a foto do costureiro Francisco Carlos Ferreira, em moldura de prata. Carlinhos, como era chamado, cliente de Halbouti, ao morrer deixou para ele a casa que tinha no Condomínio Denasa, em Petrópolis, residência de verão muito linda, decorada com extremo bom gosto, digna de encher muitas páginas da Architectural Digest. Carlinhos me disse: “Vou deixar a casa para o Roberto porque, dos meus amigos, é o único que terá condição de usufruir dela e mantê-la, e ainda há um débito a saldar”. E Halbouti retribui a homenagem mantendo Carlinhos no lugar de honra de sua sala. Esta é a vida, assim são as pessoas…

Christiane Torloni chegou com seus pais, Geraldo Matheus e Monah Delacy, de bengala, preparando-se para, na sexta-feira, fazer uma cirurgia com células tronco, pelo dr. Carlos Henrique Bittencourt, para recuperação da cartilagem. Jacqueline Laurence entrou sem tapa-olho, para protesto geral. Myrian Dauelsberg marcava um almoço em Petrópolis, sua casa, no dia 29. Myriam Gagliardi, toda de Pucci, elogiando causa ganha para ela por Halbouti contra a American Airlines…

O produtor cultural Luiz Carlos Ritter participou que o grupo de rap Cone Crew, lançado por ele e Halbouti, já é o segundo nas paradas mundiais. A imortal Nélida Piñon preparava-se para decolar para Bogotá, onde iria abrir com discurso, a 25ª Feira do Livro de Bogotá, com o Brasil como país homenageado e a presença do presidente Juan Manuel Santos e da ministra da Cultura Ana de Hollanda. Haverá jantar em homenagem a Nélida oferecido pelo ex-presidente Belisario Bettencourt

Bufê sofisticado, do chef Pietro do Três Pitadas. Tudo delicioso, bruschetta de berinjela, sushi de salmão, panqueca de cordeiro, filé de tilápia, variado tal e qual o menu de convidados, que incluía os Serpa, Alicinha Silveira e Marco Rodrigues. À sobremesa, degustação de copinhos de pudim de cupuaçu e suflê de cacau com sorvete de creme…

Halbouti 5802 Cópia Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Beth Serpa e as atrizes Christiane Torloni e sua mãe, Monah Delacy, às vésperas de cirurgia

Halbouti 5816 Cópia Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Os arianos Jacqueline Laurence, Roberto Halbouti e Carlos Alberto Serpa

Halbouti 5810 Cópia Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Luiz Carlos Ritter e Geraldo Matheus

Halbouti 5779 Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Nélida Piñon, Roberto Halbouti e Jacqueline Laurence

Halbouti 5814 Cópia Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

Nos parabéns: Alicinha Silveira, Marco Rodrigues, Paulo Arguelles, Luiz Carlos Ritter e Belita Tamoyo

Halbouti 5797 Cópia Halbouti: o advogado que vence todas, vence mais um ano

A coleção de garrafas de cristal, com o mar ao fundo

Fotos de Sebastião Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *