GLOBO SOLTA A PERERECA DA VIZINHA DA GAIOLA!

No final dos anos 60, a jovenzinha TV Globo, para atrair público, promovia casamentos na TV e tinha como estrela maior a comediante Dercy Gonçalves. E o momento mais esperado do programa de Dercy era quando ela tinha um acesso de pelanca, punha um turbante na cabeça e começava a rodopiar numa esquisitíssima dança tribal, berrando e cantando um hino que dizia “a perereca da vizinha tá presa na gaiola, xô, perereca! xô, perereca!”…

O auditório entrava em êxtase. O termômetro do Ibope explodia. A audiência em casa rolava de rir. E, no dia seguinte, nos pátios das escolas, a criançada copiava a dança esquisita e cantava “xô, perereca!”, “xô, perereca!”. Até vir a inspetora e botar todo mundo de castigo. Que indecência!…

Bem, isso foram os anos 60. Aí, audiência já garantida, Boni, em nome do Padrão Globo de Qualidade, da moral e dos bons costumes, disse xô para a Dercy e inaugurou uma fase de programação qualificada, que passou a caracterizar a emissora…

No século 21, perereca não é mais perereca é “genitália feminina”, como bem nos ensinou ontem o sempre amável Luiz Garcia com sua pena liberal, na página de Opinião de O Globo. E a genitália feminina, como vimos pela capa da Revista de Domingo passado, não está mais presa na gaiola. Pelo menos nas Organizações Globo. Está soltinha, soltinha. Digamos assim: arreganhada. E até bem cabeludinha, à la Claudia Ohana. Sem brazilian wax, propondo uma tendência wild wax para o próximo verão…

Demorou, mas, enfim, a perereca da vizinha está solta da gaiola!…

Dercy Gonçalves em seus áureos tempos de “perereca na gaiola” na Globo

3 ideias sobre “GLOBO SOLTA A PERERECA DA VIZINHA DA GAIOLA!

  1. Quase morri de rir ao ler isto. Uma verdadeira aula de história da TV, de uso da linguagem politicamente incorreta e de ironia refinada. Só não entendi porque a autora deixou de fora o mais importante. No passado, perereca na TV era novidade com gosto proibido e atraia publico. Hoje as únicas pererecas que recuperariam a audiência da Globo seriam aquelas que os cirurgiões constroem nos machos mal acostumados á virilidade masculina. :o) Mas para apresentar estas pererecas a Globo teria que usar jornalistas mais entendidos que Derci Gonçalves nestas novidades.

  2. Hilde, achei de péssimo gosto a capa da revista de Domingo, mencionada por vc. Para amenizar, a genitália feminina, era de um quadro de consagrado pintor francês do século XIX. Aqui no caso, através dos séculos, perereca será sempre perereca. rsrsrs

    beijos e sucesso

  3. Muito linda a sua homenagem à Hebe, independente de suas escolhas políticas, devemos ter respeito pela artista, a pessoa que venceu, prosperou, e transmitiu para quem a acompanhava, muita alegria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *