FASHION RIO – PRIMEIRO DIA!

Acompanhem o que rolou de melhor nos desfiles do primeiro dia de Fashion Rio, edição Outono/Inverno 2013

A Acquastudio foi buscar inspiração nas queimadas do cerrado brasileiro, mixando rusticidade e delicadeza. Um trabalho primoroso e sofisticado, que tem tudo para ser um dos mais belos desta temporada! Vestidos de festa com crinolinas aparentes e estruturas imitando espartilhos, rendas, flores de organza aplicadas e lindas texturas dão o tom da coleção. Destaque especial para os bordados com miçangas, cujas texturas remetem ao solo do cerrado. Nos acessórios, chapéus de capim dourado com pássaros negros e latões em forma de laço marcando vestidos tomara-que-caia e cinturas. Na cartela de cores, tons naturais de palha, dourado, vinho, vermelho e preto. Estes dois últimos, quando misturados, lembram chamas e cinzas…

O inverno de Herchcovitch vem com pegada folk-futurista. O estilista dá cara nova a ponchos, tanto em modelagens quanto em padronagens e no uso de tecidos, como o jeans. Na passarela, volumes de roupas típicas do Peru, além de silhuetas secas, no melhor estilo de Cardin e Courrèges, em macacões e vestidos de linha A. Lindo o bloco de peças em patchwork de padronagens peruanas em formato digital, que por cima são rebordadas com cascatas de canutilhos. Mas também há espaço para patchworks coloridos de tricot artesanal. O jeans, carro chefe da marca, ganha acabamento especial, espatulado prateado e resinado, imitando couro. Os óculos, as botas e os tênis futuristas completam os looks. Na cartela de cores, amarelo, pink, vermelho, camel, petróleo azul, cinza e prata…

A Oh, Boy! deu um show de fofurice na passarela do Fashion Rio, com suas estampas de gatinho e cachorrinho em vestidinhos, hot pants, mini saias, e conjuntinhos de silhueta sessentinha, com direito a bordados de patinha de cachorro, paetês em formato de flor e até uma homenagem a super model Twiggy. As listras Op art e o xadrez Vichy também dão ar da graça, bem como tricots coloridos e estampas trompe-l’œil. Na cartela de cores, p&b, rosa chiclete, azul e amarelo. Uma coleção jovem, que promete agradar a meninada, mas que, na tentativa de ser pop, acabou pecando um pouco ao misturar informação demais…

O próximo inverno de Alessa é bem diferente do que estávamos acostumados a ver em suas outras coleções. No lugar das estampas alegres e coloridonas, típicas da estilista, entram o preto e, no máximo, o dourado. Intitulada Boudoir Celta, a coleção é soturna, misteriosa, sóbria e só não é “tristonha”, pois ali também estão os paetês – negros – para dar um brilho discreto e elegante. As estampas de seda pura trazem símbolos celta, como cruzes e mandalas, algumas delas rebordadas com canutilhos. A modelagem vem soltinha e confortável em vestidos, calças e saiões, contrapondo-se a algumas pouco mais estruturadas. Destaque para os couros plissados, perfurados e com listras sobre  tule. As rendas revelam um ar sensual, algumas delas detalhando punhos, colos e barras. Nos acessórios, óculos escuros emoldurados com cristais negros…

A TNG costuma ter um dos desfiles mais aguardados, pois há sempre um convidado especial, geralmente, um ator ou atriz global que dá o ar da graça em sua passarela. Desta vez, o escolhido foi o bonitão Rodrigo Lombardi, protagonista da novela Salve Jorge. Mas a marca ainda guardava uma surpresa: a banda de rock RPM, que botou pra quebrar, ao vivo, na trilha sonora. A presença polêmica de Catarina Migliorini, a menina que vem dando o que falar nas redes sociais por ter vendido sua virgindade em um site de leilões, acabou sendo cancelada na última hora, não se sabe bem o por quê… Ok, mas voltando ao que interessa, rs – a coleção – a TNG apostou no tema “exploradores do séc XXI”, não os viajantes tradicionais, mas aqueles que se utilizam da tecnologia para se aventurar e conhecer o mundo. Na passarela, referências aleatórias de diferentes lugares, roupas utilitárias, toque étnico e rock’n’roll. Para as mulheres, peças femininas, como tops amplos, bottons justos, variando entre cintura alta e baixa, decotes discretos e saias godê. A linha masculina vem com shape biker, militar e alfaiataria slim. Muitas peças em algodão, linho, moletom, botonê, tule bordado com paetês, crepe de seda, veludo coletê, lã espinha de peixe, e pelo de camelo. O jeans surge resinado e com lavagens variadas, em especial, peças manchadas misturadas com malha, degradês suaves e bordados étnicos. Os hits da estação são os couros não predatórios de peixes e avestruz em jaquetas, saias e cintos. Na cartela de cores, preto, azul marinho, bordô, com pequenas nuances de verde escuro e marrom…

Por Marina Giustino / Blog da Hilde

Fotos via Agência Foto Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *