Embaixadores Cantuária reúnem sociedade carioca em torno de conde italiano

Na bucólica residência do Jardim Botânico, os embaixadores Antonio Cantuária e Helô receberam em torno do conde Ernesto Azzalin e Guissepe Griessi, amigos de longa data. A lista de convidados era recheada com o que há de melhor de nossa sociedade: Emita de Pourtalés, Kiki Almeida Braga, ambas de branco e sempre elegantes, dona Thereza de Orleans e Bragança usando bengala por conta de um tombo, mas com seu allure de princesa…

O secretário de Cultura do Município, Emilio Kalil, declarando sua intenção de mudar para Cidade das Artes, o nome da Cidade da Música. Desta forma, o espaço passaria a ser multidisciplinar. Boa ideia, afinal todos sabem que, pelo custo que foi, a “Cidade” dará prejuízo sem se pagar por pelo menos 25 anos (cálculo feito), e se o Kalil encontrar caminhos mais rentáveis será um belo esforço…

A simpática Gilda Chamma contava que voltou de Santiago de Campostela totalmente encantada e que da próxima quer fazer o caminho a pé e não de carro…

Ilde e Jean Louis Lacerda Soares recebendo vários elogios pela matéria na revista Piauí sobre suas aventuras com sua Ferrari, que hoje virou carro de colecionador. Thereza Williams não pôde comparecer e enviou uma represetante: a amiga belga, que ela hospeda, Margareth Petin. Lolly Hime de pois preto e branco em dia com os filmes candidatos ao Oscar. Kátia Mindlin, de verde esmeralda, contava que já tem seu filme preferido: o Cisne Negro. Já Verinha Bocayuva não gostou muito do filme, mas recebeu aprovação de todos por seu novo look…

Eram duas mesas. No menu, saladas e foie gras. Super prendada, Helô preparou raviolis com diversos molhos e, de sobremesa, uma musse de chocolate com castanhas. E muuuitos elogios. A Helô é um amor. E o Antonio também…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *