Deco bom moço

Aliás, a prisão do vereador Deco causou o maior frisson ontem, no Plenário da Câmara carioca. O assunto era sussurrado em todas as direções. Os cochichos rolavam pelas suntuosas escadarias do Palácio Pedro Ernesto, no foyer e até no elevador! Verdade é que, desde que assumiu uma cadeira na Câmara dos Vereadores, em fevereiro passado, Luiz André é alvo de curiosidade e comentários por conta de suas ligações com o crime organizado. Seus assessores davam medo nas funcionárias da casa, que falavam pelos corredores coisas do tipo: “Ave Maria, essa Câmara agora tá cheia de milicianos…”...
Dizia-se também que Deco provocava o terror em Jacarepaguá, onde morava numa mansão triplex. O vereador, no entanto, tinha um comportamento civilizado e cordial. Sempre vestido de modo elegante, ternos bem cortados, era simpático com todos e tentava passar a imagem de bom moço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *