Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Em sua casa, que é tipo um coração de mãe generosa, onde sempre cabe mais um, Carlos Tufvesson recebeu ontem 200 torno do prefeito Eduardo Paes, em plena temporada de campanha de reeleição. Nosso bem articulado Tufvesson, vocês sabem, é o titular da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Município e abriu o seu discurso fazendo uma avaliação do que os quatro anos da administração Paes significaram para a auto-estima do carioca, que andava de farol baixo, de olho e moral no pé e, em um ano e meio, a capital carioca alcançou a melhor política de direitos humanos no ranking nacional – dos casos de racismo aos homofóbicos”…

O prefeito, que acaba de retornar de sua maratona, abrangendo Londres e Brasília, agradeceu e respondeu a todas as perguntas sem pestanejar. Alguém gritou do fundo da sala que ele chegará à Presidência da República, e Duda Paes reafirmou o que tem dito em várias ocasiões: “Meu desejo é ser o eterno prefeito do Rio, tenho orgulho dessa cidade”…

Os convidados circulavam pela casa linda, com projeto de André Piva, companheiro de Tufvesson e também anfitrião, recebendo junto com a sogra, Glorinha Pires Rebello. No alto da escada, observando o ambiente, a atenta Nikita, uma cadela branquinha pastora suíça. E, se tivesse sido ensaiada, ela não era tão precisa: bastava o prefeito começar a discursar que Nikita aparecia no alto da escada para escutar. Pena que cachorro não vote, né? Ainda…

O Rio de Janeiro em peso, mix de gente de várias áreas. Gisella Amaral sem o Ricardo, a ex-primeira-dama do Rio, Belita Tamoyo, com a filha, Anna; Iná Arruda, Christiana Medeiros e o filho Claudio Poty, Lucinha e João Araújo, Maria Helena Abulafia, Antonio Mac Dowell. O secretário de Saúde, Hans Dohmann. Os secretários (licenciados) Pedro Paulo Teixeira, da Casa Civil, e Rodrigo Bethlem (Assistência Social)…

De luto, a secretária de Educação, Claudia Costin, que perdeu o pai no domingo dos Pais, não foi. Mas hoje, certamente, ela está com o astral mais alto depois da boa notícia da subida do ensino público do Rio no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Ponto para ela e para Paes, que já foi muito criticado por ter escolhido uma paulista para a pasta da Educação. Erraram os críticos. Competência com comprometimento é do que o Rio de Janeiro precisa. Não querer ver isso é bairrismo vazio…

IMG 1941 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Eduardo Paes fala enquanto é observado por Nikita, no alto da escada

IMG 1951 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Gisella Amaral, Belita Tamoyo, Glorinha Pires Rebello e Carlos Tufvesson

IMG 1945 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Lucinha Araújo

IMG 1896 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Napoleão Lacerda entre Eloysa Simão e BB Schmitt

IMG 1916 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Karina Vasilcovsky, Patrícia Mayer, Nando Grabowsky e Patrícia Brandão

IMG 1918 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Ana e Belita Tamoyo com Maria Raquel de Carvalho

IMG 1943 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Gisella Amaral atenta aos discursos, ao lado de Ana Luiza Archer que liderou a passeata amti-Mensalão

IMG 1953 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Paes com Luiz Calainho

IMG 1954 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Paes entre Isabela e Luiz Felipe Francisco

IMG 19501 Carlos Tufvesson recebe Paes para coquetel com comício

Ex-primeira-dama Belita Tamoyo e prefeito Eduardo Paes

Fotos de Sebastião Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *