Angela Costa: “Não quero ser presidente por ser mulher, mas por minha competência”

A festa de lançamento da candidatura de Angela Costa à presidência da Associação Comercial do Rio de Janeiro, que ainda rola esta noite no Marimbás, está sendo um baita sucesso. Com a adesão de cinco ex-presidentes da Associação presentes, Humberto Motta, Antenor Barros Leal, Olavo Monteiro de Carvalho, Marcílio Marques Moreira, José Luiz Alquéres, Angela já conta com a grande maioria de votos declarados, mas não alimenta o clima de ‘já ganhou’ – “vamos ver, vamos ver”, ela dizia a quem antecipava sua vitória.

Caso os ventos favoráveis se confirmem, ela deverá ser a primeira presidente mulher da ACRJ em 208 anos da entidade, o que, em seu discurso, Angela pediu que não fosse uma credencial: “Não quero ser presidente por ser mulher, mas por minha competência”.

Nascida no Méier, Angela ficou órfã de mãe aos 11 anos, quando passou a ser criada pelas irmãs do Colégio Santa Marcelina. Com o falecimento do pai, assumiu a presidência de sua empresa de transporte escolar, a Transvimi. Com seu temperamento empreendedor e visando organizar o setor, fundou a Associação das Empresas de Transportes Escolares do Rio de Janeiro, que ela também presidiu de 1978 a 1996, e foi sendo transformada em Sindicato das Empresas de Transportes Escolares do Rio de Janeiro, sob sua presidência de 1996-2002.

Em 1980, Angela fundou sua Papilon Indústria e Comércio de Embalagens Ltda., a primeira e única empresa do setor de embalagem de papelão no Estado do Rio de Janeiro, e a segunda no país, a ter sua qualidade reconhecida internacionalmente pela ISO 9002. Hoje preside também a Paper Box Indústria de Papelão e Embalagens, que fundou em 2014 em Saquarema. Foi a primeira mulher a assumir um cargo da Diretoria Executiva de uma Federação das Indústrias no país, na Firjan. Também presidiu o Conselho Regional do Sebrae RJ.

Angela concorre com o atual presidente, Paulo Manoel Protásio, que havia declarado seu desinteresse em lançar sua candidatura à reeleição, porém, posteriormente, quando a candidatura de Angela já ia longe, Protásio voltou atrás, surpreendendo a muita gente.

O coquetel de hoje tem como anfitrião o empresário do setor de construção naval Hélio Paulo Ferraz, que ocupa, na chapa de Angela, uma das duas vice-presidências. O outro vice da chapa é Benjamim Nasário Fernandes Filho, dono da Benafer, atualmente uma das principais distribuidoras de aço plano do país.

Angela Costa, a provável futura presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, e Antonio Alvarenga, diretor da casa

Uma ideia sobre “Angela Costa: “Não quero ser presidente por ser mulher, mas por minha competência”

  1. Trabalhei na casa dadoutora Ângela e realmente é uma mulher admirável. Foi uma honra poder senvila e partipar um pouco de sua intimidade. Foi para mim uma boa patroa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *