Três missas para Itamar

As cinzas do senador e ex-presidente Itamar Franco foram depositadas no túmulo de seus avós maternos, os italianos Pasquale Cautiero e Raphaela De Lucca, bem como sua mãe, Itália Cautiero Franco, e seu tio, o dentista Ernesto Cautiero, na manhã desta sexta-feira, na ala antiga do Cemitério Municipal de Juiz de Fora

Cerimônia restrita aos amigos e à família, representada pelas filhas Georgiana (com o marido, o advogado americano David Forrester) e Fabiana Surerus Franco. Também presentes, a irmã Mathilde Franco, a cunhada Terezinha de Borges Franco e a filha Thereza Cristina, que foram do Rio. Estavam ainda fiéis assessores, como Neuza Mitterhoffer, Marcello Siqueira, Ruth Hargreaves, Geraldo Faria, o ex-prefeito Saulo Moreira, Paulo Paiva, além de autoridades, como o secretário de Estado da Defesa Social, Lafayette Andrada, o deputado estadual Bruno Siqueira e o presidente da Cesama, André Borges. Houve honras militares, benção pelo monsenhor Miguel Falabella e um solo de violino, com o maestro Ciro Tabet, que executou Ave Maria, de Gounod

Serão pelo menos três missas de sétimo dia por intenção do senador e ex-presidente Itamar Franco. Além da missa acontecida no Rio, a família e amigos convidam para a missa de Juiz de Fora, que será celebrada pelo Arcebispo Metropolitano, dom Gil Antonio Moreira, na Catedral Metropolitana, onde Itamar foi batizado. A música estará à cargo do coral da Igreja São Mateus, sob a regência do maestro Fabio Figueira Santos

.
Em Belo Horizonte, a missa será celebrada a convite do Governo de Minas, na capela do Palácio da Liberdade, pelo arcebispo Metropolitano, dom Walmor de Oliveira, e com a presença do governador Antonio Anastasia, do vice-governador, Alberto Pinto Coelho, e do senador Aécio Neves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *