Tratamento very vip para a Martinelli, no coletivo carioca

Só uma bonitinha, pra vocês darem um sorriso nesta segunda-feira. Elsa Martinelli, a diva do cinema italiano, foi assistir à queima de fogos do Réveillon com Paulo Fernando Marcondes Ferraz, e levou camisola para dormir em casa do amigo. Como a animação grande varava madrugada, Elsa achou que não havia clima pra dormir lá e resolveu retornar para o apê dos Amaral, no Leblon, onde está hospedada, junto com Irene Singery, que mora no Jardim de Alah. E, já que táxi nem pensar, as duas elegantes top de linha embarcaram num coletivo, que, para falta de sorte delas, teve um pneu furado no caminho. Todo mundo desembarcou até embarcar em outro ônibus, que ficou tão cheio, tão apertado, e a muvuca, o espreme-espreme eram tão grandes, que um gaiato gritou lá do miolo do buxixo: “Não aperta mais, senão eu solto um pum!”. E Irene só traduzindo as gaiatices para a atriz italiana, que dava boas gargalhadas, feliz da vida em se sentir totalmente inserida na cor local. Antes de desembarcar no Bar 20, Irene deu o número do prédio dos Amaral para o motorista, que desembarcou Elsa bem na porta. Tratamento very vip!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *