Tônia, a maravilhosa, chega aos 89!

Amanhã aniversaria a mulher mais bonita que já pisou os palcos brasileiros: Tônia Carrero. A última vez em que estivemos juntas foi num jantar pequeno, em casa do embaixador René Haguenauer. Em seguida, levamos Tônia em casa, e ela ainda morava na bela residência do Jardim Botânico. Quando se mudou, em seguida, para um apartamento em Ipanema, em frente ao Country Club, quase na praia, Tônia resolveu simplificar sua vida e sua casa. E abriu mão de algumas coisas bonitas, distribuindo-as aos amigos por antecipação, com generosidade, o que é sua marca. Fez em vida aquilo que geralmente delegamos aos outros para ser feito quando não estamos mais por aqui. A mim, coube uma pintura dramática e emocionante de Glauco Rodrigues, representando o suplício de São Sebastião do Rio de Janeiro, tendo como modelo meu irmão supliciado, Stuart. Chorei emocionada quando desembrulhei o papel bolhinha e encontrei o quadro primoroso, imagem tão forte. Liguei para Tônia, e ela: “Foi presente do Glauco para mim, achei que deveria ficar com você”. E cá está o quadro no meu quarto, na primeira parede que olho ao acordar, sempre lembrando-me de Tônia, a maravilhosa…

Pois é, e amanhã Tônia Carrero, a maravilhosa, a exuberante, a que enchia os palcos, as telas, as fotos com sua beleza extraordinária e um incomparável magnetismo, fará 89 anos. A celebração familiar foi antecipada para ontem, e lá estavam o filho Cecil Thiré, os netos, a família toda, cercando Tonia do carinho que ela sempre fez por merecer. Eis que, entre eles, chegou a visita inesperada de Neuza Silveira, vinda de Gramado, no Rio Grande do Sul. Foi levar seu presente e seu carinho à amiga Tônia, que tinha por hábito, quando isso lhe era permitido, ir a Gramado passar uma temporada no Kurotel de Neusa, reciclando sua vida, seu peso e sua saúde. Tornaram-se grandes amigas, e Tonia foi uma das maiores propagandistas do spa, junto com Glória Menezes, outra habituée

Tudo isso para desejar, aqui deste espaço, parabéns para a grande diva Tônia, que nos presenteou a vida toda com suas interpretações magníficas, glamourosas, sendo das poucas grandes atrizes brasileiras a poderem fazer desde a mais sofisticada das mulheres à mais desclassificada e densa, como a sua inesquecível Neusa Suely, a prostituta de Navalha na carne, um dos mais notáveis desempenhos de sua carreira. E este, meninos, eu vi!…

toniacarrero nelsonxavier galeria 052 Tônia, a maravilhosa, chega aos 89!

Tônia Carrero com Nelson Xavier, numa cena de sua inesquecível Neusa Suely, em Navalha na carne, peça de Plínio Marcos, em montagem de Fauzi Arap, a que assisti em 1968, no Teatro Ginástico superlotado, o público indo ao delírio

Foto arquivo da Funarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *