SP ARTE: MENOS TURISMO DE CORREDOR E O MESMO ESCÂNDALO QUE É A ISENÇÃO TOTAL DE IMPOSTOS PARA AS GALERIAS ESTRANGEIRAS!

Nesta edição, da SP Arte, pelos corredores da feira, houve menos passeio e mais colecionadores compradores…

A SP-Arte fechou mais uma edição com resultados elevados e com bom número de negócios fechados. Eram 120 galerias, entre brasileiras e tantas internacionais…

Quanto a essa isenção total de impostos extensiva às galerias estrangeiras, que não são radicadas no país e vêm do exterior especialmente para vender na Feira, não pagam taxa alguma por isso, prejudicando a obrigatória entrada de divisas aqui, parece até piada. Só mesmo num país colonizado intelectualmente como o Brasil… Para não dizer coisa pior… Será que não tem uma autoridade governamental, um político atento que se dê conta desse absurdo?!!!

Entre outros stands do Rio de Janeiro,  o Espaço Eliana Benchimol, galeria presente pelo sexto ano consecutivo, fez sucesso com a arte cinética de Carlos Cruz-Diez, Perez-Flores,Vasarely, Antonio Asis, Julio Le Parc, Jorge Pereira e lançando a jovem artista, já carimbada na Argentina, Gabriela Böer. Das 15 obras que a marchande Eliana Benchimol apresentou, negociou mais da metade, apresentando um volume de vendas 30% maior do que na edição anterior…

O Espaço, de quebra, amarrou vários futuros negócios. Obras de Cruz-Diez e de Perez-Flores despertaram muito interesse dos visitantes.

eliana-benchimol (1)Eliana Benchimol

Foto Ari Kaye

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *