Souvenirs dos bons tempos franceses no Rio… com um toque de tristeza

Notícia triste para quem viveu os trepidantes anos 70/80 cariocas, quando o Rio passou por uma glamourosa “invasão francesa”, com muitos investimentos bleu-blanc-rouge batendo à nossa porta, trazendo junto uma porção de franceses chiques, agradáveis e absolutamente apaixonados pelo Rio. Como era o caso de Patrick de Jenlis, casado com a chamosíssima Alice, que agora nos informa que ele acaba de falecer. Patrick foi o homem que trouxe o Carrefour para o Rio, para o Brasil, e, depois, apaixonado pela cidade, seguiu caminho próprio, com sua Art de Vivre. Morreu no dia 8 de dezembro e desde então Alice está no Qatar trabalhando e de lá só retorna a Paris, onde mora, no fim de janeiro…

E para os amigos saudosos dos De Jenlis, aqui vai a foto da filha, Segolène, e do neto, Marcello. Ah, em tempo: o nome de Alice como vovó, desde que Marcello também entrou em sua vida, é “Dona Flor”…

Jenlis Souvenirs dos bons tempos franceses no Rio... com um toque de tristeza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *