Segredo de Fátima

Foi o mais longo dos invernos cariocas, ultrapassou agosto, entrou por setembro adentro, desembarcou em outubro e, em pleno novembro, ainda tínhamos que andar encapotados. Mas nem bem raiou o primeiro sol esperto eis que surgiu, nas areias da Praia de Copacabana, diante da Rua Miguel Lemos… um tabique!!!…

Com 100 metros de frente e uns 15 de fundos, o tabique invade sem a menor cerimônia a generosa praia de todos nós. No tabique, uma inscrição: “Estamos preparando seu verão”. O povo logo reclamou: “Mais um quiosque! Já são tantos, criaram um verdadeiro paredão de quiosques diante do mar! E não podiam ter começado essa obra no inverno? Esperar o verão para ocupar a nossa areia com obra!!!”. Mas logo alguém lembrava que não devia ser quiosque pois o tabique também traz a marca da Rede Globo…

Na noite de 31, o povo todo espremido, e lá estava o cercadão de obras ocupando o espação. Da minha janela, acompanho. Há vários containers e um guindaste. Máquinas e operários perfuraram a areia onde inseriram uma tubulação complicada e criaram uma estrutura de concreto, com uma rampa. Será mais um banheiro subterrâneo? ‘É, deve ser mais um grupo de quiosques…’ às vezes penso…

Agora, a inscrição é diferente: “Chegamos ao verão”. E a chancela global continua ali bem ao lado da frase. E hoje me deu um estalo: será que o que estão criando ali é a estrutura para algum palco-estúdio-ao-ar-livre para algum programa da linha de Verão da Globo? Tipo um Luciano Huck na praia, um Tiago Leifert ao ar livre? Ou será este o grande Segredo de Fátima, a Fátima Bernardes: um programa com ela diretamente da Praia de Copacabana?…

Seja lá o que estiver por trás desse tabique, com tanta gente lucrando – quiosques, shows, barraquinhas, eventos – e cada vez mais, na Praia de Copacabana, por que não fazem com os moradores de sua orla o mesmo que fazem com a vizinhança das comunidades conflagradas pela violência: redução de IPTU? Afinal, quem fica com a bagunça, o transtorno, a confusão, o barulho decorrentes de todo esse comércio & marketing são os moradores que pagam impostos altos pelos endereços ditos “nobres”, que nada disso de fato têm…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *