Resposta de Maria Estela Kubitschek às pretensões de Kassab

Recebemos da filha de JK a seguinte mensagem, que pretende colocar os pontos nos iis, nesse assunto do recém-recriado e já tão controverso PSD, agora lançado pelo prefeito de São Paulo, e tendo como “cereja” desse bololô a utilização do próprio nome do ex-presidente JK num domínio registrado por Kassab:

“Li, com absoluta surpresa, a declaração do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, de que teria conversado comigo sobre a utilização do nome JK como marca de fundação veiculada à sua nova agremiação partidária.

Não é verdade. O prefeito jamais tratou desse assunto comigo. Se o tivesse feito, eu teria tido a oportunidade de manifestar a minha discordância com o uso do nome e da memória do Presidente Juscelino para fins partidários e pessoais.

A memória de JK é patrimônio dos brasileiros, está associada às grandes causas nacionais e não pode ser usada para fins menores da política.

Espero que o prefeito volte atrás na sua iniciativa, o que pouparia a família do Presidente Juscelino de iniciar uma ação judicial com objetivo de preservar a sua memória impedindo a utilização do seu nome por partidos e pessoas cujas trajetórias políticas não guardam qualquer afinidade com a vida e os ideais de JK”.

Maria Estela Kubitschek Lopes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *