Quem bebe Trapetti repete!

Um esquadrão inteiro de Men in Black, parecia até convenção do FBI no Country Club, que pela primeira vez em sua história viu até fila dupla com segurança de trânsito diante de sua calçada. Eram os seguranças protegendo os importantões presentes ao almoço pré-natalino ontem do Chiquinho Brandão, celebrando os amigos, celebrando a vida, celebrando ele mesmo, que, neste 2011, convalesceu de uma queda de cavalo com graves consequências. Estavam o governador Cabral, o vice Pezão, o Eduardo Paes, o Eike Batista, o João Roberto Marinho, e a ordem não é necessariamente a de grandeza ou importância, pode ser o contrário…

Estavam também amigos de fé como Eric Waechter, Celidônio, Ricardo Amaral e Luiz Oswaldo Pastore, que veio especialmente em seu aviãozinho e conversou longamente com o secretário Julio Bueno. Como já contei neste blog, Pastore fazia planos de transferir para cá suas quatro empresas, com sede no Espírito Santo. Agora é certo: ele vai transferir as quatro para o Rio, pois está entusiasmado com a gestão de Cabral e com a seriedade de seu secretariado, sobretudo de Bueno, o que atestou nos contatos feitos para “auscultar” o terreno e certificar-se se era conveniente providenciar mudança de tal porte!…

Mas isso Pastore não me contou no almoço do Chiquinho, onde menina não entrava. Foi no ensolarado almoço do Dino Trapetti, que acontecia no mesmo dia ensolarado, à mesma hora e logo em frente, e foi um pra-lá-e-pra-cá de convidados, o que divertiu bastante os comensais de lá e os de cá. E já que falei em comensais, a comida do Dino, que é ótima sempre, desta vez estava ainda melhor. Seu almoço pré-natalino é sempre típico italiano, com massas al dente, saladas com camarões frios frescos e saborosos e outras gostosuras mais, inclusive um arroz negro, que obrigou todos a irem depois conferir no espelho do lavabo se não haviam ficado “banguelas” com um intrometido arroz pretinho entre os dentes…

Noemia D’Amico já chegou e se hospeda no mesmo prédio do Dino, já que o apartamento dela no Rio se encontra alugado. Alguém a comparou com a Loulou de la Falaise. E as comparações com Noemia são assim mesmo, daí pra cima. Ela faz por onde…

Elsa e Mauro Gardengui já em plena temporada carioca, fazendo o circuito inteiro dos convites, que não páram. Ivan Aaron dizendo que não cria mais joias faz tempo. Está vivendo uma fase sabática, que não sabe quando vai terminar. Se é que vai terminar. Com a voz enfim recuperada, Gisella Amaral chegou já passava das 4 da tarde. Giovanna Deodato vestia Pucci e tinha como acessório um lindo homem, apresentador da TV italiana, Diego Faleri, mas este não era, ela explicava, o seu noivo, que se chama Santo e chega no dia 28…

Este é o segundo almoço pré-natalino de Dino Trapetti. Tão bom quanto o primeiro, que ele fez assim que inaugurou seu apartamento ipanemenho. E o elenco é praticamente o mesmo, todos foram. Nem ousariam faltar, pois quem bebe Trapetti repete!

dino Quem bebe Trapetti repete!

Fotos Sebastião Marinho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *