Quando resíduo de borracha vira joia!

Aqueles que pensam que as coisas bonitas, criativas e sofisticadas do Brasil se resumem àquelas no perímetro de seu umbigo vão já, já, morrer na praia. As notícias correm, os pensamentos voam, as inovações circulam e, neste mundo-novo-mundo interativo das mídias várias e das redes sociais, que tudo informam e repercutem, a vanguarda deixou de ser privilégio dos grandes centros…

Daí que, na simpática Canoas, cidade gaúcha, está rolando um movimento superbacana, chamado Movimento Ação por Canoas, o Maca, que tem envolvido nomes de grandes criadores brasileiros, como Jum Nakao, Mana Bernardes, Heloisa Crocco, Greice Antes e Savia Dumond. O principal objetivo é o resgate da auto-estima de mulheres e de jovens, que vivem às margens da sociedade, para em seguida inseri-los no mercado de trabalho…

Quem lidera esse movimento é a primeira-dama de Canoas, a mineira Thais Oliveira Pena, que transformou uma antiga obra social do município com feições assistencialistas em pura esperança e modernidade. O próximo projeto do Maca reúne design, arte, inovação e empreendedorismo. Com o apoio e a experiência da designer de jóias e empresária Adriana Cauduro, além do apoio e da orientação do Sebrae do Rio Grande do Sul, um grupo de mulheres do Projeto Canoa desenvolve bijuterias feitas com resíduos de borracha descartada da indústria do automóvel!…

O resultado é uma coleção totalmente inovadora de joias, batizada de “Flores do Asfalto”, reunindo metais nobres e borrachas recicladas, que será conhecida numa exposição de pré-lançamento no domingo, dia 14, no Teatro São Pedro, em Porto Alegre. A coleção, além de original, é um requinte só e valoriza o trabalho de reciclagem feito pelas artesãs, que receberão 10% do resultado todas as vendas das peças, que só no início de setembro serão lançadas no mercado…

Canoas Quando resíduo de borracha vira joia!

Adriana Cauduro e Thais de Oliveira Pena

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *