Porque hoje é sábado – dia de Costelinhas de Cordeiro à Família Paranaguá

Para uma família talentosa e sofisticada, como a Família Paranaguá, nossa homenageada de hoje, só mesmo uma receita criada e preparada com muito talento e com ingredientes sofisticados. Tudo que são as Costelinhas de Cordeiro, tendo como acompanhamento a Polenta de Queijo Brie, da chef chic Beth Winston

Aqui estão, pois, as Costelinhas de Cordeiro à Família Paranaguá, para este sábado radioso de vocês. E, queridos, vocês podem preparar sem susto, que as receitas de Beth têm não só o meu aval como também o de muita gente boa, que tem escrito sem parar-sem parar para este blog, e de amigos assíduos que se manifestam, como Maria Alice de Araújo Pinho, que recebeu sábado passado para jantar em casa, tendo como pièce de résistance o Roast Beef de Filet Mignon batizado com seu nome e ensinado aqui e o sucesso foi absolutamente RETUMBANTE!…

Vamos, pois, à receita… Com a palavra, a chef chic

 

COSTELINHAS DE CORDEIRO e POLENTA DE QUEIJO BRIE

Para 4 pessoas

20 Costeletas de cordeiro // 1(um) quilo de Presunto de Pharma // 20 Folhas de salvia frescas // Alho // Cebola // Vinho branco // Manteiga // sal // Pimenta do reino // Azeite // 1kg Laranja pecan (das pequeninas) // Mel // Açúcar mascavo // Pimenta vermelha dedo de moça

Acompanhamento : Polenta de queijo Brie

1(um) quilo de Fubá // Manteiga President c/ sal // Queijo Parmesão ralado // Queijo Brie (um pedaço em triângulo) // Leite // Creme de leite fresco // Sal // Pimenta (facultativo)

MODO DE PREPARAR

“Para fazer estas costelinhas de cordeiro procure um bom fornecedor. Sei que no Talho Capixaba, no Leblon tem, e o proprietário Sr. Alberto é confiável.

É uma base de 4 (quatro) costelinhas ou perna por pessoa.

  • Cortar as costelinhas ou perninhas individualmente
  • Temperá-las a seu gosto. Eu uso sal, pimenta dedo de moças s/ semente para não arder muito, manteiga, açúcar mascavo, alho picado e cebola ralada sem água.
  • Selar as costelinhas na manteiga e azeite: – Selar (passar rapidamente na frigideira quente para dar cor).
  • Retirar e Reservar.
  • Na mesma frigideira colocar as laranjinhas pecans (lavadas e secas).
  • Temperá-las a gosto. Quando começar a fritar, colocar ½ copo americano de vinho branco; 2(duas) colheres de sopa de mel.
  • Fritar por pelo menos 10 minutos.
  • Reservar.
  • Pegar cada costelinha ou perninha e colocar uma folha de salvia no centro de cada carne e envolvê-la com uma fina fatia de presunto de Parma.
  • Para fechar, usar um pouquinho de mel na ponta da fatia para grudar.
  • Levar ao forno por mais 10 minutos, lembrando para não descuidar para que o presunto não endureça. O ponto certo é: quando cortar a costeleta, o centro da peça deve estar bem rosado!

Acompanhamento: Servir com Polenta de queijo Brie

Polenta:

  • Fazer um caldo com um bom pedaço de aipo, 1(uma) cenoura, 1 (uma) cebola cortada em quatro, folhas de salvia, sal e pimenta.
  • Se quiser, pode colocar um pedaço de frango, carne de sua preferência ou músculo para enriquecer o caldo.
  • Esse caldo deverá ser coado e com este caldo é que será feita a polenta.
  • Num bol, coloque 3(três) xícaras de chá de fubá e para amolecê-lo usar o caldo, mexer bem.
  • Adicionar a esta mistura numa panela pré-aquecida com mais com 2(duas) colheres mãe de manteiga e uma de azeite, ir mexendo até chegar ao ponto de sua preferência. Se ficar grosso, coloque mais caldo.
  • Quando começar a ficar pronto adicione os pedaços de Brie (um a um sem casca). Usar um triângulo, desses que vendem em supermercados.
  • Por último, adicionar o parmesão e mais uma última colher de manteiga sem esquecer de retemperá-lo.
  • Servir bem quente!

Espero que apreciem a receita.

Beth Winston”costelinha Porque hoje é sábado... dia de Costelinhas de Cordeiro à Família Paranaguá

Fotos de Marco Rodrigues

 

Uma ideia sobre “Porque hoje é sábado – dia de Costelinhas de Cordeiro à Família Paranaguá

  1. Fiz a receita e ficou dos deuses……. Pela segunda vez fiz um purê de banana da terra e ficou tb uma delicia no lugar da polenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *