Por que a reação tão grande contra a ida de Dilma ao Mais Você?

Por que houve a grita, hoje, e a reação tão grande da esquerda contra a ida da presidentA Dilma Rousseff ao programa da Ana Maria Braga, como vimos no Twitter e nas redes sociais o dia todo? Alguma coisa contra a Ana Maria Braga ou contra a Hebe, que Dilma também visitou? Acho que não. Minha impressão é que a causa de tal desconforto foi o inesperado da situação…

A presidente da República é presidente de todos, e vai onde acha que deve. Mas as feridas da campanha tão violenta, vimos hoje, ainda estão expostas, purgando. Não se fecharam as cicatrizes da agressividade que opôs as duas metades do Brasil, elas permanecem inflamadas. Foi tudo muito grave e pesado. As ofensas, as biografias forjadas, as mentiras. Massacre tamanho que, mesmo aqueles que não costumam se envolver nos embates eleitorais, se pintaram pra guerra e foram para a arena marcar posição. Ninguém ficou neutro. Todos radicalizaram. E talvez seja preciso um tempinho maior para apascentar esse ímpeto, as emoções frementes, a paixão empregada na luta…

Aqueles que defenderam Dilma e combateram por ela sabem o preço alto que tiveram que pagar por isso. E ainda pagam. Os corpos pintados pra guerra ainda guardam traços de tinta. Ela se diluirá, sim, é nossa esperança. E voltará a normalidade. Mas essa hora ainda não chegou para todos. Apenas para os pragmáticos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *