Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

No Teatro Solar de Botafogo, estreou ontem o espetáculo Após a Chuva, com Antonio Pitanga, Roney Vilella, Camila Rodrigues. A peça de Silvio Guindane questiona o papel do ator, profissão cujos valores invertidos acabam se restringindo a conquistar fama e sucesso imediato, esquecendo-se o real objetivo de se fazer arte, que, além de entreter e comunicar, também deve fazer pensar…

As considerações não são minhas, são de Guindane, e sua montagem já passou com sucesso pelo Rio, foi a São Paulo e agora volta à cidade, e muito bem vinda. Vejam só o time bacana de convidados que foi aplaudir a primeira noite…

Confiram, nos flashes de Vera Donato

Pitanga DB5E66801 Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Roney Vilella e Antonio Pitanga em cena de Após a Chuva

Pitanga 346Q7800 Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Claude Amaral Peixoto

Pitanga 346Q7786 Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Leiloca e Walter Lima Jr.

BB DB5E66051 Antonio Pitanga Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Olhem o Pitanga de novo!

BB 346Q8091 Julia Resende e Silvio Guindane Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Julia Rezende e Silvio Guindane

BB 346Q7796 Alberto Blanco e Luiza Valdetaro Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Alberto Blanco e Luiza Valdetaro

BB 346Q7942 Caique e Henrique Botkay Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Caique e Henrique Botkay

BB 346Q7985 Camila Rodrigues Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Camila Rodrigues

BB DB5E66661 Helena Borschiver e Antonio Pitanga Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

E aqui o nosso Antonio Pitanga de novo, em cena, com a Helena Borshiver

BB Eliana Martins e Beto Bardawil Pitanga estreia no Solar em peça que questiona a profissão do ator

Eliana Martins e Beto Bardawill

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *