Palavras abençoadas no 1º dia do ano!

Em Búzios, o ritual de fim de ano que se tornou tradição na última década consiste em: dia 30, reunião-festão de pré-Réveillon em casa de Regina Martelli e João Elísio, na Ferradura; virada do ano, dia 31, com Solange Medina e Edson Godoy Bueno (o casal Amil) e, dia 1º, o almoço de Lúcia e Pedro Grossi, que recebem sempre dezenas de convidados, the best of the best, seus hóspedes e os amigos que estão na cidade. Ontem, é claro, o almoço se repetiu, com aquele refinamento próprio de Lucinha, dona de casa impecável, suave e detalhista. Bem, não vou descrever decoração nem pratos, pois uma voz maior se “alevanta”. Ou melhor: duas vozes. A do padre Ricardo White, há 20 anos pároco de Búzios, que fez uma bênção de fim de ano com água benta para todos, e a voz do ministro do Superior Tribunal Federal, Luiz Fux, com seu belíssimo discurso. Não é de surpreender um jurista da estatura de Fux fazer discurso bonito, pois o traquejo da oratória é brilho adquirido ao longo da atividade. Mas há discursos e discursos. O da tarde de ontem, proferido em casa dos Grossi, mais do que uma sucessão de orações concatenadas com brilho, fluiu de dentro, do sentimento, veio carinhoso, batendo na alma e no coração de todos aqueles que o escutavam e percebiam a dose imensa de amizade pelos anfitriões que suas palavras guardavam. Impressionado, padre White, ele também um homem acostumado aos púlpitos, foi ao ministro do STF e o cumprimentou cheio de entusiasmo. Feliz 2012 para todos que sabem exprimir o que lhes vem na alma!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *