Os Serpa trazem Paris para a Praia do Flamengo – Parte 2

Dentro de alguns dias, você poderá dizer ao marido, ao namorado, ao cacho, ao tico-tico no fubá: “Meu amor, vamos jantar hoje à noite em Paris?”. E ele não precisará nem ter um Gulf Stream aguardando no hangar para tornar esse desejo realidade. Bastará fazer um pit stop ali na Praia do Flamengo, onde Beth e Carlos Alberto Serpa estão prestes a inaugurar “Paris”, seu complexo de bar, restaurante e sala privée para almoços e jantares, tudo refinadíssimo, como é tradição deles…

Sem carimbar passaporte, desembarcaremos no “Paris” dos Serpa, fruto de três anos de pesquisa e dedicação, com inúmeras viagens à França e aos Estados Unidos, com o casal sempre acompanhado de membros de seu staff, maitres, garçons, gerentes, sommeliers, em temporadas de aprendizado no exterior, frequentando os melhores endereços. Depois de tanto empenh0, enfim, “Paris” será inaugurado, comme il faut

Tudo em tons e sur tons de castanho. Paredes de chamalotte sempre com obras de arte importantes, cortinas de seda pura, bem como as toalhas de mesa, cadeiras francesas século 18, réplicas, lustres de cristal, carrinhos de bar circulando entre as mesas, garçons com ternos cortados sob medida, impecáveis, piano de cauda. Tudo lindo, elegante, porém discreto, sem show off, nenhum pinguinho de exagero. O Rio merecia. Então, meus amores, au revoir, porque vou dar ali um pulinho em Paris e já volto…

restaurante2 Os Serpa trazem Paris para a Praia do Flamengo   Parte 2  Fotos de Marcelo Borgongino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *