Os mijões contra-atacam, com campanha, libelo e camiseta!

Deixem os mijões em paz! É o grito de guerra de um grupo de foliões cariocas indignados com a ferrenha perseguição movida contra os rapazes que fazem pipi em público…

Em seu ponto de vista, a imprensa dá uma de reacionária, ao melhor estilo TFP, quando só fala disso em sua cobertura da festa, e é apoiada nisso pelos conservadores, que não gostam de carnaval e apoiam, de modo agressivo, a prisão de quem está se aliviando na rua…

Defensores dessa nova causa, esses foliões resolveram ir em campanha ao Baile Gay da Devassa usando uma camiseta especialmente criada para a noite, com seu grito de guerra: “Deixem os mijões em paz”. Vai ser a fantasia de um grupo de 23 gays bonitões e fortões, e não mexam com eles, hein!…

 Os mijões contra atacam, com campanha, libelo e camiseta!

 Os mijões contra atacam, com campanha, libelo e camiseta!

Vejam aqui as t-shirts dos gays fortões do movimento pró-xixi, que defendem os cariocas, que andam sendo chamados de porcos por aqui, e eles dizem que esse não é um fenômeno brasileiro…

Afinal de contas, em Paris, durante os festejos do 14 de Julho, o que mais se vê são franceses se aliviando nos prédios históricos. Na parada gay de Amsterdam, acontece o mesmo. Bem como nas grandes festas populares em Barcelona, Roma e Madrid. Verdade seja dita que, durante a Love Parade, famosa festa de música eletrônica que rola todos os anos em Berlim, o que mais se vê são os alemães derramando seu ouro nas árvores e nos postes…

Fato é que os integrantes do movimento pró-xixi consideram o mijão um personagem folclórico do carnaval carioca, que aliás teve seu início justamente com batalhas de xixi nas ruas do Rio, uns atirando seu pipi nos outros, eca! Pelo menos agora ninguém mais atira xixi nos outros, né?…

Outro argumento dos próceres desse movimento é que o esporte do xixi no poste é o grande responsável pela alegria dos manja-rolas e das meninas assanhadas. Bem, argumentos não lhes faltam…

Sendo assim, os integrantes do movimento prometem agitar o Baile Gay do cais do porto, defendendo com unhas, dentes e pirulito o personagem mais polêmico do carnaval de 2011, o mijão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *