OS 80 ANOS DE LEDA CASTRO NEVES CONTADOS E SABOREADOS EM LIVRO

Leda Castro Neves comemorou hoje 80 anos de vida e de muitas alegrias. Com o relato desta tarde especial, no salão de chá luxuoso da Casa Julieta de Serpa.

Só mesmo um livro de muitas páginas para contar a história de vida da querida Leda. Empresária, socialite de longo curso, locomotiva dos grandes eventos de caridade do Rio, sempre dizendo presente a eles desde as grandes tardes beneficentes de desfiles de moda que marcaram época no Copa, para ABBR, PRó-Matre, O Sol, e outras obras mais…

Leda é um personagem do Rio. Sua Academia Guanabara na Rua Raimundo Corrêa foi pioneira. Foi onde Leda, nos anos 60, introduziu os famosos banhos perfumados de parafina no forno de bier. E as mulheres (e também os homens)  se derretiam um dia inteirinho, entravam gordinhos, saíam um fiapo. Milagre! As aulas de ginástica eram famosas. Havia fila para as inscrições. As massagens, as saunas, as duchas maravilhosas, tudo à perfeição. Nos anos 70, inaugurou a Academia Ipanema, na Prudente de Moraes, uma casa toda cor de rosa, uma sofisticação extraordinária…

Consomés, chazinhos, suquinhos de frutas da estação, todas as frescuras imagináveis e inimagináveis para proporcionar conforto. Os roupões peludos, os chinelinhos, toucas, a sauna úmida cor de rosa de epox, sauna seca, as melhores massagistas do mundo, visagistas. Era um dia de conforto e transformação. Leda inventou o day spa antes de inventarem o day spa.  O Rio elegante inteiro convergia para a Academia Ipanema. Era uma maravilha!…

Ela recebia chiquérrima, vestida de Courrèges, sapatos Charles Jourdan, pois era o “uniforme” da época. Havia o horário feminino, o horário masculino. Até que veio a tentação da proposta do investidor imobiliário, o construtor Mauricio Stambowsky,  e a academia virou um belo prédio…

Leda resolveu aposentar-se, mudou-se para a Barra da Tijuca, uma bela casa, com o marido, Alfredo Castro Neves, alto funcionário do Banco do Brasil e, depois, da Agência Nacional, onde passaram a receber muito, festas divertidas, finais de semana concorridos, casa sempre alegre, almoços animados, celebrações várias. Formavam um casal perfeitamente afinado. Como principal elemento de ligação, o bom humor. Gostavam de rir juntos e de fazer rir. Estar com os Castro Neves era sempre agradável, motivo de boa distração e conversa inteligente. Os filhos, Alfredinho e Rosane, parte importante neste enredo de muitos amigos e muitas histórias…

Todas essas histórias, para serem contadas, exigiriam um livro de grosso volume. Foi isso que Leda encomendou à cake designer Celina Modesto Leal. Um bolo-livro de capa vermelha e páginas douradas, aberto nas páginas centrais, onde se pode ler, no alto:

“Minha família. Casei com Alfredo de Castro Neves… Meus filhos amados são Rosane e Alfredinho. Tenho três netos e um bisneto. Nesses 80 anos, tive muitos trabalhos, que me exigiram muita dedicação, Com Alfredo, realizei muitas viagens pelo mundo. Fiz trabalhos voluntários, colecionei troféus, e isso devo a ter criado a minha primeira academia Guanabara… “…

E lá estão os vários títulos, os prêmios, os congressos, um resumo da vida ativa e empreendedora de Leda, empresária, amiga, mãe, voluntária, mulher e festeira, naquele dourado livro aberto feito bolo, que, depois do “parabéns pra você”, todas nós, suas amigas, saboreamos com gula e prazer. Prazer por nos sabermos, nós também, parte do recheio daquele bolo, daquela vida, desta Leda tão nossa amada amiga, que emplacou ontem 80 anos e hoje celebrou com 80 amigas…

Fotos de Sebastião Marinho

4 ideias sobre “OS 80 ANOS DE LEDA CASTRO NEVES CONTADOS E SABOREADOS EM LIVRO

  1. Hilde querida, feliz pelo sucesso de sempre e de seu novo Blog. Estou sempre na torcida! Adorei estar com você e nossa querida Ledinha. Obrigada pela foto linda.
    Beijos da amiga que te ama muito, Ariádne Coelho.

  2. Hilde querida,

    Parabéns pela casa nova, devidamente engalanada pelas belas aquarelas da Dominique. Sucesso sempre para vc, exemplo de competencia , trabalho e valentia.
    Meu carinho e amizade
    Arnaldo Danemberg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *