Os 70 anos de casamento de Johnny e Lyginha Lowndes – Parte 1

à entrada no country Os 70 anos de casamento de Johnny e Lyginha Lowndes   Parte 1Os convidados eram recebidos à entrada do salão por dois imensos posters, John Lowndes garotão da Praia de Copacabana, e Lyginha, uma das moças mais lindas do Rio de Janeiro, tal e qual eram quando se casaram há 70 anos. Havia posters por todos os salões ilustrando as sete décadas dessa love story

Titina não conseguiu falar. Ficou com a voz embargada, misturada com a emoção e o choro, ali diante do microfone, no altar montado no salão do Country Club. Lembrou-se da proteção de Santo Antonio, sempre abençoando cada momento da vida de seus pais, daí a presença da imagem do santo naquela missa na celebração de 70 anos de casados de Lygia e John Lowndes. E Titina perguntava aos amigos lá presentes: “E vocês por acaso já foram numa comemoração como essa, de 70 anos de casamento?!”. Perguntava e chorava…

Mais tarde, Titina me disse: “Hilde, vocês todos me perdoem, mas eu não consegui falar”… Não conseguiu, querida Titina, porque você não falou das palavras para fora. Falou das palavras para dentro, para o fundo de sua alma. Transportou-nos com sua emoção lá para a profundidade de seus sentimentos. E quando isso acontece as palavras são perfeitamente dispensáveis…

Uma capela foi criada, especialmente, pela cerimonialista Malu Gross, onde padre Marcos renovou o sacramento do casamento e os noivos repetiram as palavras do compromisso. Aquelas mesmas ditas há 70 anos, quando, jovenzinhos, se casaram. E disse a Lyginha, com aquela sua verve deliciosa de sempre, renovando seus votos: “Eu, te recebo, Johnny, com todo meu amor, como meu marido, e prometo te aguentar se necessário por mais 70 anos”. Todos rimos, deliciados. Ah, esta é a nossa Lyginha! Depois, falou Johnny, repetindo as palavras ditadas pelo padre. Os filhos Titina e Ricardo vieram neste momento juntar-se a eles no altar. E depois vieram os netos todos. Foi bonito. Lindo demais. E em seguida saíram todos juntos. Ricardo trazendo a mãe, Lyginha. John com a filha, Titina

Um ritual do amor em profundidade. Elo indissolúvel, o da família bem constituída na base. Que não há fato, episódio, mal entendido, fissura que consiga romper. Parabéns aos Lowndes. Vocês deram o exemplo – não apenas à sua própria família, aos seus filhos, netos, bisnetos, mas a todos nós, às nossas famílias – da solidez do amor, de que só ele constrói e de que apenas ele realmente vale a pena nesta vida. De resto, tudo é incomensuravelmente pequeno…

lowndes 2 Os 70 anos de casamento de Johnny e Lyginha Lowndes   Parte 1Fotos de Sebastião Marinho

E aguardem, pois há muito mais coisa para contar, pois este não foi um evento qualquer, foi um privilégio para um colunista, fato raríssimo de se cobrir: sete décadas de amor, de tudo que viver junto implica, de sentimentos, de amizades, alegrias, momentos bons, ótimos e nem tanto, mas vividos por gente que sabe, como muito pouca gente, valorizar e celebrar a parte boa desta missão que nos é dada de constituir uma família, cercar-se de querer bem e de amigos muito estimados…

—————————————————————————–

Concurso Spa e Resort2 Os 70 anos de casamento de Johnny e Lyginha Lowndes   Parte 1

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *