O verdadeiro José Alencar

QUEM CONHECE José Alencar sabe como ele é generoso. E sabe como ele, a cada dia, ao lado de Mariza, cumpre em atos, gestos e palavras o princípio cristão de que somos todos irmãos. Não há casal que trate a todos os que o cercam, os próximos e os distantes, os conhecidos e os desconhecidos, com tal atenção e consideração, de modo igual. Ontem, o colunista Ricardo Noblat, um grande jornalista, colocou-se no papel de julgar e condenar Alencar. Considerou como verdadeira, do início ao fim, a história contada, num processo de reconhecimento de paternidade, pela mulher que se diz filha do Vice Presidente da República. Não ouviu Alencar que, já em oportunidade anterior, no programa de Jô Soares, disse que o texto do processo é uma obra de ficção.

NOBLAT PARTIU do princípio de que Alencar mente e ponto final. Não lhe deu crédito algum. Mas será que podemos acreditar que mente um homem que, de forma deliberada, não se submete ao exame de DNA, sabendo que, pela lei brasileira, esta insubmissão significa ter automaticamente reconhecida como dele a suposta filha? Não podemos enxergar esta recusa como uma revolta de quem se sente acuado numa situação injusta? Ou como a indignação de quem, se lhe tivesse sido dada a possibilidade do diálogo, agiria de maneira larga, amorosa e amiga, como tem agido em todos os momentos de sua vida?

ALENCAR E MARIZA, bem como toda a família Gomes da Silva, não são pessoas preocupadas com posses. Apesar de serem donos de fortuna, vivem de modo simples, até modesto, sem ostentação, sem côrte, sem luxos, sem grifes, sem se deixar fascinar pelos confortos e as facilidades que o dinheiro pode dar. Estão acima disso. Seus valores são outros. E isso eles têm demonstrado não agora, mas ao curso de suas vidas inteiras. Não há como contestar.

NESTE CASO rumoroso, não me parece ser o dinheiro e nem mesmo o sobrenome que estejam em questão para Alencar. Acredito que seja a mágoa de, desde o princípio, ter sido tratado pela outra parte como um insensível, um homem duro e inflexível que tudo faria para defender seus interesses materiais. Mágoa pelo fato de, sem aviso prévio, ter sido surpreendido por um processo acompanhado de notícias fantasiosas de jornais, e de não ter sido tratado como o homem que de fato é: afável, reto e bondoso.

SE JOSÉ ALENCAR é pai ou não, não posso avaliar. Também não posso dizer que a suposta filha, agora chamada Gomes da Silva e com direito a herança, ficou com a parte menos importante de Alencar. E sabem por que não posso dizer isso? Porque Zé e Mariza são pessoas tão grandiosas, tão especiais, que eles não se esquivam à prática do perdão, em cada minuto de seus dias. Aí sim, quando isso acontecer, ela conhecerá a parte mais importante dos Gomes da Silva…

Borbulhantes

CAUSAM, SIM, estranheza algumas declarações à imprensa daquela que se diz filha de José Alencar. Ela diz que sua mãe era enfermeira na casa de saúde de Caratinga. Mas, na época, aquele hospital, que era o melhor da cidade pequena de interior, não tinha enfermeira e muito menos atendente… DIZ AINDA que Alencar presenteou sua mãe com um casaco de pele da loja Nobreza. Mas, naquela época do suposto presente, a Nobreza não existia mais, já tinha sido destruída por um incêndio… SEM ESQUECER que, naquela mesma ocasião, Alencar com 20 anos e a suposta amante com 26, ele mal tinha dinheiro para enviar, todo mês, para sua mãe, uma caixa de sabonete Eucalol… A NOSSA SRA. da Paz lotou no domingo no aniversário de ordenação de padre Jordão. Depois, teve bolo no salão e, em seguida, jantar na casa do médico dele, Claudio Domenico… NO SÁBADO, foi o batizado da Scarlet Moon e suas duas filhas, na capelinha Servas de Maria. A filha Teodora Chevalier teve como madrinha Marília Pera, e a outra filha, Gabriela, a Kiki Garavaglia. A tia-avó de 97 anos fez questão de ir ao batizado para ver, com os próprios olhos, que finalmente as sobrinhas se batizaram… GISELLA E Ricardo Amaral foram os padrinhos de Scarlet. Maria Alice Celidônio, a madrinha de consagração. Padre Jorjão celebrou, e ao final, as três foram muuuito aplaudidas… HOJE TEM jantar de Boni, em seu apê, para a cantora Ithamara Koorax… DIA 24, Gilsse e Mauro Campos reúnem em torno do candidato Marcelo Itagiba, no restaurante Christal, no Centro… NO FASANO AL MARE, houve um almoço em torno do candidato Pedro Paulo, a deputado federal. Oskar Metsavaht prestigiou. Roberto Rezinski também. Idem o Duda Tedesco e a Beth Winston, que era anfitriã… PEDRO PAULO impressionou bem, falando pelo Rio e para o Rio. Um político nato, comprometido com as causas da cidade… BETH WINSTON agora é um poema de pé quebrado. Quebrou três dedinhos e não tinha nem percebido. Deu uma topada na cadeira do banheiro… NO SÁBADO, no Country Club, vai ter aniversário de Maria da Gloria Antici. Setenta anos bem vividos… JÁ OS 90 de Kalma Murtinho, acadêmica da moda e dos figurinos, serão comemorados domingo, com missa seguida de coquetel, n’O Tablado… NO RIO, o François Perrin, que está casado com Bebel Sued. Ela vai levá-lo para o Sul do Brasil, para conhecer nossos vinhos. Quer ver se o homem do Chateauneuf de Pape se anima para lançar algum vinho brasileiro. Vão ficar pelo menos três meses no país… ABRE HOJE, com coquetel para convidados, a mostra Morar Mais Por Menos. São 75 espaços de novos arquitetos com ideias que cabem melhor no bolso de todo mundo, tipo um Casa Cor prêt-à-porter. Quem assina o cantinho para brincadeiras infantis é a dupla de sócias Alessandra Amaral e Bianca Assuf… PARA CELEBRAR os 45 anos de casado com Gisella, num tête-à-tête à luz de velas, em seu terraço, Ricardo Amaral abriu um Château Mouton Rothschild do ano de seu casamento. E as estrelinhas do céu disseram Amém!… A SORTE dos outros três candidatos é que o debate foi na Band e marcou apenas três pontos no Ibope. Se tivesse tido 20 ou 30 por cento de audiência, Plínio de Arruda Sampaio estava hoje com 12 ou 13% nas pesquisas… E POR QUÊ? Porque foi o único que falou com autenticidade. Falou coisas que todo mundo sabe, todo mundo teme e ninguém ousa defender: que tem que tomar a terra, que tem que distribuir a riqueza, tem que taxar as fortunas, tem que fazer justiça social. Falou com idealismo, impressionando por isso os jovens… OS OUTROS três candidatos se repetiram, dizendo as mesmas coisas, cada a um a seu modo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *