O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Lá de Colônia, Fátima Mann, que vive lá há 15 anos e já é cidadã alemã, envia as novidades: “Aqui apareceu a primavera hoje, com 18 graus. Uma pausa no inverno. Ótimo! as ruas degelaram e as cabeceiras das montanhas também. Isso está causando transbordamentos dos Rios Oder (leste, fronteira com Polonia),Wesa (Bremen, Hamburg), Rhein, Mosel, etc. Mas você sabe que alemão tem resposta técnica para tudo e hoje estão sendo erguidos os muros móveis ao longo dos rios, que eu chamo “leitos de aço”. Há uns 2 anos fincaram muros fixos subterrâneos com profundidade de três metros ao longo do Reno, de forma que os porões das casas estão secos, mesmo o Reno já tendo alcancado hoje uma altura de 8,5 metros de transbordamento”…

Fátima é potiguar, casada com o artista plástico Marek Mann, muito conceituado e filho do professor de Roman Polanski e de uma designer de cinema. E mais, Fátima é irmã da Hilneth, a Hildezinha do Rio Grande do Norte.

Vamos às fotos enviadas por ela, olhem que forma interessante de evitar enchentes. Interessante e caríssima. Será que os municípios brasileiros poderiam arcar com isso?

barreiras desmontandas ainda O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Barreiras desmontadas ainda

barreiras atencao. enchente.impedido O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Barreiras: Atenção, Enchente, Impedido!

barreira pronta O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Barreira pronta

barreira DSC014742 O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Com a barreira, a enchente do Rio Reno vira atração, sem o risco de alguém ser levado pela enxurrada…

barreira O Rio Reno transborda e, em vez de invadir as casas, vira atração turística. Vejam como

Aí está a leitora Fátima Mann, colaborando diretamente da Alemanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *