O que o peru do Thanksgiving tem a ver com a Louis Vuitton?

Em sua novela Aquele beijo, o autor Miguel Falabella deu ontem uma aula de Less is more, isto é, “O menos é mais”. Mas a gente não precisa ligar a TV para aprender isso. Basta, por exemplo, dar um pulinho à loja Louis Vuitton, na Garcia D’Ávila, e constatar que, quanto mais metais dourados, monogramas, cores, enfeites, os designers da marca acrescentam aos produtos, mais a Vuitton se torna less e mais se distancia da griffe que já foi…

Porém, se você quiser uma aula do que é ser more, não precisa nem sair do lugar. Basta ler este post, onde vou falar do jantar de Thanksgiving Day de Roberto Caballero e Douglas Mayhew. Observe o look descontraído dos anfitriões, o despojamento dos convidados, a atitude cool de todos. Confira os objetos de arte. Nada de paredes cobertas com cusqueños, toneladas de barroco brasileiro ou apoteoses de prata. Você verá um mix que vai do contemporâneo Warhol à arte indígena à arte popular brasileira, na maior confratenização, tendo como moldura as paredes num tom vermelho-quase-bric. Aí mora a sofisticação…

Um dos objetos é uma alegoria de uma figura humana carregada de garrafas Pet, que até poderia ser uma de nossas fashion victims sociais num de seus acessos de more is less, concorda? E a bem humorada Verinha Bocayuva, habituée das festas da dupla, ao ver a peça, tratou de pendurar em sua bolsa o chaveiro de cachorrinho e entrou na brincadeira. Ah, a Vera, adoro ela!…

Não há muito tempo, os americanos Caballero e Mayhew conheceram o Rio, se encantaram e, com seu faro fino, logo detectaram o melhor. O melhor endereço, a Praia de Ipanema, onde instalaram seu apartamento; e as melhores companhias, as mais interessantes e agradáveis, e que não são loucas de declinar de qualquer um seus convites, pois sabem que serão sempre momentos maravilhosos. Como foi o último jantar, este também divino, pois celebrava a Festa de Ação de Graças, jantar tradicional da cultura americana, com ar condicionado na temperatura certa para os 80 convidados, gente da cultura e das artes, já falando de seus planos para o Réveillon e as férias…

Regina Mayall segue para Gstaad em janeiro. João e Kitty Assis vão para Florianópolis na virada do ano. Patrícia Qüentel, a Patrícia 3-Plus, estica as pernas e relaxa depois da pauleira com o desmonte da Casa Cor, para entregar o Palacete Linneo de Paula Machado em forma para os desfiles do próximo Fashion Rio. Maria Silvia Marques, que é vizinha de prédio do casal Roberto e Douglas, desceu para tomar um drink e ficou para o jantar. O pintor Marcos Chaves, Beto e Viviane Grabowsky, Michaela de Charbonnières de Missoni e, em meio à conversa geral, eis que surge a diva Christiane Torloni, levada pelo diretor de cinema Aloísio Abreu – um abalo!…

Bem, meus amores, não vou dar aqui a receita do delicioso peru preparado pela banqueteira Claudia Papp, mas posso contar que ele foi servido bem tenro, recheado com castanhas, tinha em seu molho frutas vermelha, cranberry inclusive, teve como acompanhamentos uma farofa crocante com castanha do Pará, couves de bruxelas, um mix de frutas secas, cogumelos e castanhas, purê de batata baroa, petit pois com cebolinhas e marshmallow com purê de abóbora, nhamnhamnham…

Bem, pelo menos no peru do Thanksgiving de Mayhew e Caballero, o mais não era menos, muito pelo contrário…

Pois, em se tratanto de peru, o menos não é mais jamais! Esteja ele morto, assado e servido na travessa ou esteja ele vivo e solto no quintal, na sua plenitude, quando chega a ter… 3.500 penas!!! E não é à toa que, por aqui, muito antes de, nos States, inventarem o termo fashion victim, a gente já chamava mulher muito enfeitada de… perua!…

thanksgiving2 O que o peru do Thanksgiving tem a ver com a Louis Vuitton?thanksgiving 22 O que o peru do Thanksgiving tem a ver com a Louis Vuitton?
Fotos de Sebastião Marinho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *