O BAILE DA CIDADE, ESTÁ DECRETADO O CARNAVAL: E AÍ FUI PARA O SALÃO E SAMBEI E DELIREI E AMEI SER BRASILEIRA!

Amore mio, a festa começou! Foi decretado o carnaval! O Baile Oficial de Abertura do Carnaval da Cidade do Rio de Janeiro foi ontem, no Museu de Arte Moderna, coberto de glórias, paetês, confetes e sem serpentinas, que isso, parece, não usa mais. Porém plumas ainda vigoram, e havia muitas.

Gisella e Ricardo Amaral, que de reis da noite foram alçados à categoria de reis do carnaval, recebiam com aquela sua classe ímpar e um quê de stress, pois passaram um dia que não desejariam ao pior concorrente, com pressão de todos os lados, do Iphan à Prefeitura, com exigências de última hora para a liberação do baile no museu. Mas no final foi happy end total, pois Nossa Senhora e todos os santos do calendário estão sempre do lado de Gisellinha, e Ricardo é um homem de muita sorte por isso.

Vou começar a mostrar a festa aos pouquinhos. As pessoas estavam lindas, felizes, capotantes, eletrizantes, borbulhantes, bombação, borbulhação, tradição, emergênciação. Tinha de tudo. Até mesmo o time que aposta em mensalão. E também a presença de minha pessoa. Aquela que aposta em mentirão. Pois estamos numa democracia, esta é a maior das belezas, e ôba!

E lá veio subindo a família real a rampa do Museu de arte Moderna, precedida pelo mestre de cerimônias da corte, o grande Haroldo Costa que a anunciava: “Abram alas, a família Real!”, “A Família Real vai passar!”. Eram o Rei Momo, as duas Rainhas Momas, a primeira e a segunda, as Princesas Momas, as Passistas Momas e a Banda Moma a todo vapor. Que frenesi!

E aí, eu que já estava de saída, não resisti, voltei para o salão e sambei e sambei e delirei e amei estar viva e ser brasileira, com meu amado marido. É carnaval. Foliem-se!

E o dia todo vou mostrar, em quadros vários de fotos, como foi a festa e quem estava lá. E como tinha gente bacana. Bacanééééérrima!

Baile1

Fotos de Marcelo Borgongino e Veronica Pontes

4 ideias sobre “O BAILE DA CIDADE, ESTÁ DECRETADO O CARNAVAL: E AÍ FUI PARA O SALÃO E SAMBEI E DELIREI E AMEI SER BRASILEIRA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *