Novo espaço para a arte em Ipanema

Ipanema volta a ter uma galeria de arte contemporânea em seu território. Depois de ser o pioneiro em galerias de arte contemporânea nas décadas de 70 e 80, como Saramenha, Jean Boghici e Thomas Cohn, o bairro sofreu com a perda dessas galerias para outros endereços e para São Paulo. Mas, ontem, Luciana Caravello inaugurou sua própria galeria com seu nome na bucólica rua Barão de Jaguaribe

A Luciana Caravello Arte Contemporânea resgata a importância do bairro nessa área cultural. Uma casa construída nos anos 50 foi remodelada pelo arquiteto Erick Figueira de Mello, que “lavou” os salões em branco, enfatizando as escadas de ferro que são verdadeiras esculturas…

“Estou me sentindo em Nova York”, declarou Verinha Bocayuva. Outra encantada com a galeria era Evangelina Seiller. Só elogios também de Cristina Burlamaqui. Até a colecionadora mineira Beatriz Siqueira veio de Belo Horizonte conhecer o novo espaço e comprou dois trabalhos. O corre-corre para aprontar tudo era geral, e tudo ficou ao gosto da curadora Daniela Labra, que, apesar da pouca idade, é uma das mais reconhecidas pela crítica, com seu olhar de lince para investimentos em arte…

Várias obras foram vendidas na noite e hoje tem mais festa com os convidados dos artistas e da galeria para o vernissage, um autêntico happening cultural…

Fotos de Paulo Jabur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *