NO BRASIL DE OLHOS ABERTOS, ANTONIO ERMÍRIO É UMA BOA LIÇÃO DE CASA

Quem assistiu ao debate ontem na Band Serra X Haddad entendeu, claramente, porque é cada vez mais largo o fosso que separa os dois candidatos nas pesquisas…

Verdade seja dita, Serra não perde a pose, nem perde a dicção de alta estirpe quatrocentona, mesmo que sua origem não o seja…

Cedo ele deve ter percebido que,  falando de modo claro, num português escorreito, vibrando consoantes, com um paulistês “não cockney”, conquistaria em seu passaporte o visa junto àquela fatia da alta classe paulistana que não abre espaço para os Jeca Tatus

Durante todo o tempo do debate, o candidato José Serra empenhou-se em demonstrar que sempre pugnou e governou pelos pobres. Não me pareceu ter conseguido. A aristocracia em sua dicção inspirava  contradição…

Porque a aristocracia que conquista o voto da massa não é aquela da boa impostação vocal, da pronúncia acentuada dos erres, das sílabas escandidas. É a da sensibilidade social. E você não precisa ser obrigatoriamente um metalúrgico ou ter um pé na cozinha…

Pode ser um aristocrata de fato, como Antonio Ermírio de Moraes, que herdou do pai o Grupo Votorantim, transformando-o num império, uma multinacional hoje com 60 mil empregados, e sem jamais ter descuidado das causas sociais…

A aristocracia de Antonio Ermírio não está nos vibratos dos Rs, está na Sociedade Beneficência Portuguesa de São Paulo, na Associação Cruz Verde de São Paulo, na Fundação Antônio Prudente, nas Casas André Luiz, no Instituto Baccarelli

Uma simples lição de casa que renderia muitos votos a qualquer político observador. Neste novo Brasil de olhos abertos, não são as vogais claras e abertas que causam boa impressão…

É ter a consciência de que, para ser querido pelos ricos, não é preciso fechar os olhos para os pobres…

2 ideias sobre “NO BRASIL DE OLHOS ABERTOS, ANTONIO ERMÍRIO É UMA BOA LIÇÃO DE CASA

  1. Mas o bom senso ele já perdeu há muito tempo! O discurso dele é ultrapassado, agressivo, bate na mesma tecla. O lançamento dele como candidato, mostra que o PSDB não tem nada de novo para acrescentar ao país. A bengala deles era o “mensalão” , que junto ao povo não teve a força que eles esperavam para sustentá-los.

  2. Sinceramente, suas posições políticas comprometem o blog. Os leitores pedem isenção, sejam eles simpatizantes ou não dos incontáveis mensaleiros merecidamente punidos pela Justiça.

    Um abraço do seu leitor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *