No 1º de Maio, o trabalhador do Rio ganha o VII RioHarpFestival!

Em grande estilo, abre no Rio de Janeiro, no 1º de Maio, na Igreja da Candelária, a sétima edição do Festival Internacional de Harpas. Trata-se de um projeto do Música no Museu, somando 96 concertos com vários tipos de harpas em locais desde o Palácio São Clemente ao Museu da Favela, Pavão-Pavãozinho, passando pela Ilha Fiscal, Corcovado, Forte de Copacabana, CCBB, Iate Clube e Hebraica. Harpistas top de 25 países, Bulgária, Monróvia, Romênia, Tailândia, Japão, Irlanda, País de Gales, além dos mais importantes harpistas brasileiros…

A abertura terá a participação da Banda Sinfônica dos Fuzileiros Navais, unindo as gaitas de fole à harpa da solista Maria Célia Machado. Em seguida, no Teatro SESI-Firjan, haverá a apresentação da Orquestra Brasileira de Harpas

Todos os concertos são, vocês sabem, gratuitos e a programação (imperdível, posso afirmar, pois tenho acompanhado de perto) está nos sites www.musicanomuseu.com.br e www.rioharpfestival.com

maria celia1 No 1º de Maio, o trabalhador do Rio ganha o VII RioHarpFestival!

A harpista Maria Célia Machado vai se apresentarcom a Banda Sinfônica dos Fuzileiros Navais

Fabiola Harper Chile No 1º de Maio, o trabalhador do Rio ganha o VII RioHarpFestival!

Fabíola Harper, do Chile, um dos 25 países participantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *