Na trama da Coven

A Coven fez uma fusão dos universos de Louise Bourgeois e Coco Chanel para seu inverno 2011. Tendo como base o processo de tecelagem, a marca mineira transitou entre o rústico, o moderno e o sofisticado. No que diz respeito ao rústico, deve-se observar as barras propositalmente inacabadas, resultando em franjas, tipo tapeçaria. Já o lado moderno ficou por conta da utilização da tecnologia têxtil: mistura de linhas, tramas e retalhos, incluindo fios metalizados. O sofisticado é a junção de tudo, de maneira elegante.

Através da tecelagem foram criadas diversas padronagens como xadrez, listras e pied-de-poule, que apareceram em casacos, saias e vestidos de modelagem simples, no melhor estilo Chanel.

Ao final do desfile, um bloco de roupas com padronagens étnicas, com simbologia Inca, algumas aliadas a bordados de pedraria.

Na cartela de cores, tons neutros como preto, branco e cinza, com interferências de cores fortes como azul, verde limão e rosa…

Fotos da Agência Foto Site, oficial do Fashion Rio

cove ii11 001 Na trama da Coven

cove ii11 004 Na trama da Coven

cove ii11 008 Na trama da Coven

cove ii11 010 Na trama da Coven

cove ii11 013 Na trama da Coven

cove ii11 016 Na trama da Coven

cove ii11 018 Na trama da Coven

cove ii11 033 Na trama da Coven

cove ii11 035 Na trama da Coven

cove ii11 059 Na trama da Coven

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *