MÚSICA NO MUSEU, DA AUSTRÁLIA AO RIO DE JANEIRO, COM O TRIO BELLATRIX

Levado pelo Sérgio Costa e Silva, sua Ignêz sempre ao lado, o projeto brasileiro de concertos abertos ao público Música no Museu bombou em Santiago, no Chile, depois em Brisbane, agora em Canberra, na Austrália, com os  Clássicos Brasileiros de Villa-Lobos a Tom Jobim. Ontem, na nossa embaixada lotada, anfitriões, o embaixador Rubem Antonio Corrêa Barbosa e Lenise, o mundo inteiro representado com  28 embaixadores de vários países, muitos bis encerrado com Aquarela do Brasil. Neste domingo, eles vão para Sydney com uma apresentação no lindo Jardim Botânico.  É o Música no Museu exportando música e músicos para todo o mundo!…

****

Enquanto isso, no Brasil, na sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o Música no Museu homenageia as mulheres musicistas. Como parte do projeto, o Trio Bellatrix apresenta peças de Chiquinha Gonzaga, Maria Luiza Priolli, Alma Mahler e Clara Schumann no Centro Cultural Justiça Federal, no Rio de Janeiro.

O trio é formado pela violoncelista Denise Emmer, a violinista Milena da Matta e a pianista Catherine Henriques.

Denise, vocês sabem, é filha dos dramaturgos Dias Gomes e Janete Clair, e ano passado formou a Camerata Dias Gomes para homenagear os 90 anos do pai no auditório da ABI com um belo concerto.

Escritora premiada, Denise já publicou 12 livros de poesia e três romances e é graduada em física e música. Como violoncelista, integra também o Quarteto de Cordas Legatto e agora estreando no Trio Bellatrix

Trio BellatrixDenise Emmer, Milena da Matta e Catherine Henriques: Trio Bellatrix

2 ideias sobre “MÚSICA NO MUSEU, DA AUSTRÁLIA AO RIO DE JANEIRO, COM O TRIO BELLATRIX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *