Memórias e ficção de Lygia Fagundes Telles

Já está na editora o livro de memórias de Lygia Fagundes Telles sobre a viagem que fez, em 1960, participando de uma delegação brasileira, presidida por Peregrino Junior, então presidente da ABL. Foram 72 delegações do mundo inteiro convidadas. O livro chama-se Passaporte para a China

Aliás, já está nas livrarias o livro de contos de Lygia, A disciplina do amor, segundo ela mesma, seu livro predileto, reformulado, pois a escritora diz que ficção pode ser reformulada, livro de memórias não, pois há datas e fatos que não podem ser mudados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *