Uma ideia sobre “documento certidao-obito-rubens00011

  1. O fim da ditadura militar foi uma farsa muito bem montada. Escondidos atrás duma cortina de fumaça democrática, continuaram imperando proeminentes valores da ditadura que se comportaram sempre como seus defensores, como é o caso de José Ribamar Costa, vulgo Sarney, que mantém até hoje uma corrente de submissos asseclas que lhe obedecem cegamente por gratidão aos cargos que ocupam e todos os favores recebidos, prevendo talvez mais.
    Não admira que reles lacaio do Geraldo Alckmin venha a público com ofensas às vítimas da ditadura, principalmente aqueles que foram violentamente assassinados, como é o caso do deputado Rubens Paiva. Não admira porque Geraldo é descaradamente membro da seita Opus Dei da qual fazem parte muitos indivíduos envolvidos em grandes crimes muito abafados e parcialmente esclarecidos. Esta seita goza de proteção do Vaticano que tem sido farto celeiro de grandes manobras financeiras que encerram até crimes de morte, portanto, neste “angelical” ambiente do Geraldo, tudo é possível. Lembram da brutal desocupação do bairro Pinheirinho em S. José dos Campos/SP? Com ele tudo é possível, até ofender as vítimas da ditadura militar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *