Mãe de governador divulga nota de repúdio

Uma fofoca antiga, insinuando que o compositor Chico Buarque de Hollanda seria de fato o pai do governador de Pernambuco, por força de uma leve semelhança física dos envolvidos, vez ou outra voltava à tona. Agora, porém, ela ganhou tamanha dimensão, através da Internet, que mereceu a divulgação de uma Nota Repúdio, escrita pela sra. Ana Lúcia Arraes de Alencar, filha de Miguel Arraes e mãe do governador Eduardo Campos, que eu aqui reproduzo expressando toda a minha solidariedade a ela…

NOTA DE REPÚDIO

Com referência à matéria apócrifa e inverídica, não assinada, que circula criminosamente pela internet, que envolve o meu nome, o nome do Governador Eduardo Campos e o do Compositor Chico Buarque, tenho a dizer:

1. Trata-se de matéria inverídica e criminosa, sobre a qual já tomei as providências legais, no sentido de fazer cessar e punir policial e judicialmente tal aberração;

2. O governador Eduardo Campos é meu filho e do escritor Maximiano Campos, já falecido e de saudosa e respeitável memória;

3. Só vim a conhecer o compositor Chico Buarque, na casa de meu pai, Miguel Arraes, em 1986, na campanha de governador, quando Eduardo Campos tinha 21 anos;

4. São, portanto, alegações criminosas contra as quais já estamos tomando as providências legais cabíveis;

5. Quem leu a matéria que circulou pela internet a tenha como apócrifa, inverídica e criminosa, que agride a dignidade da família pernambucana.
Ana Lúcia Arraes de Alencar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *