JOIA BRASIL: A MAIS IMPORTANTE VITRINE PARA A JOIA AUTORAL NO PAÍS

Anna Clara Herrmann é bem mais do que uma empresária de feiras comerciais, é uma promotora cultural.

Com a obstinação de um agente revelador de talentos, a cada edição de seu Joia Brasil, sai em busca de novos valores e sempre nos surpreende positivamente.

Faz isso com a sofreguidão de uma caça talentos, a paixão de uma art collector da joalheria, quase que como uma matriarca protetora das artes exercendo seu mecenato.

Todos da moda (e também os do comércio) sabem que neste Brasil atual das porteiras abertas, desigual para os que produzem aqui, ter marca de joia própria é praticamente um delírio artístico.

Com o mercado da joalheria nacional invadido por joias importadas aos montes de feiras internacionais, é ato de extrema coragem de Anna Clara insistir no Joia Brasil, propondo e lançando valores criativos brasileiros, com suas peças únicas. É praticamente um sonho, um requinte, uma delicada utopia.

Por isso, não deixo de prestigiar o trabalho dessa jovem mulher de fibra, que não abre mão de seu ideal de expor a arte brasileira da ourivesaria, com as nossas pedras e nossos metais preciosos, de promover nosso design autoral, mesmo que isso possa até lhe valer mais aplausos e reportagens do que o fundamental retorno financeiro que move o mundo (às vezes penso que a coisa com ela possa rolar assim).

Mas, afinal, quem disse que o mundo também não é movido por sonhos?

Hoje está acontecendo no Hotel Fasano o Joia Brasil. Começou ao meio-dia, com exposição, coquetel, almoço, e prossegue por toda a tarde, estendendo-se talvez pela noite. Nas vitrines, dispostas com elegância, no Bar Baretto, o que há de belo e instigante nas joias nossas. Nomes novos e nomes consagrados, como a hors concours Sara, com só peças de brilhantes na uma vitrine dedicada ao personagem de Viviane Pasmanter da novela Em família. A milionária poderosa vai se cobrir com elas. Faiscam tanto que recomendo óculos escuros. São lindas.

Carla Buaiz é uma grande revelação. Capixaba de talento instigante, da mesma cepa de sua conterrânea Sueli Chieppe, que foi revelada num dos primeiros Joia Brasil, no MAM.

Carla traz uma linha puxada para o Art Déco, diferente de tudo que se vê por aí. As peças  mais inspiradoras são os brincos celebrando o Arpoador, que misturam conchinhas e brilhantes. Classe e requinte.   carla 3

Brincos de Carla Buaiz: pérolas negras, conchas, brilhantes e as ondas do Arpoador em topázios cor de rosa

 

3 ideias sobre “JOIA BRASIL: A MAIS IMPORTANTE VITRINE PARA A JOIA AUTORAL NO PAÍS

  1. Hilde que texto!!!! Não me sinto merecedora de tantos elogios de uma profissional que admiro tanto. Vou enquadra-lo para ter sempre ao meu lado este texto maravilhoso e inspirador! O meu muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *