IMPERDÍVEL: OS DZI CROQUETTES ESTÃO DE VOLTA!

Há 40 anos, em plena ditadura militar, 13 rapazes ousados e irreverentes se vestiram de mulher, com saltos altíssimos, muito glitter e cílios postiços, para dançar, cantar e se comunicar com o mundo sem papas na língua. Eram os Dzi Croquettes! Com uma nova linguagem teatral, conduzidos pelo gingado do grande Lennie Dale, conquistaram uma legião de fãs e admiradores no Brasil e na França, incluindo Liza Minnelli e Josephine Baker

Os Dzi Croquettes / Foto Antonio Guerreiro

Lennie Dale / Foto Antonio Guerreiro

Até hoje, a ousadia dos Dzi me parece bastante atual. Seus espetáculos eram despretensiosos e deliciosos de se ver. Havia esquetes de comédia, bossa nova, samba, bolero e o que mais você quiser incluir aí. Os Dzi eram apocalípticos, transgressores, debochados, glamourosos, tudo isso e mais um pouco! Mesmo que alguém os tentasse definir, ainda assim, faltariam palavras…

Liza Minnelli ficou doidinha quando assistiu a uma das apresentações dos Dzi Croquettes. Tornou-se a “madrinha” do grupo. Na foto, tirada em 1974, no Rio, Liza está acompanhada dos Dzi e veste uma t-shirt by Zuzu Angel, que se tornou um “uniforme” da diva Liza durante toda aquela sua temporada carioca!

O grupo nunca levantou bandeira abaixo a ditadura ou em defesa dos homossexuais, mas a sua atitude de ser, fazer e dizer o que queria nos palcos, o transformou em um símbolo da contracultura, ajudando a quebrar tabus sexuais, e incomodando bastante aos tiranos mais conservadores da época…

Os Dzi: provocantes! / Foto Antgonio Guerreiro

Devido a desavenças, o grupo de desfez ainda na década de 70. Sua história marcante e importante foi sendo esquecida ao longo dos anos. Os registros daquela época não foram muitos e alguns acabaram se perdendo. Até pouco tempo atrás, pouco se falava dos Dzi às novas gerações. Mas graças ao documentário Dzi Croquettes, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez, lançado em 2009, a história do grupo foi resgatada e voltou com tudo, mais forte do que nunca!…

A partir daí, Ciro Barcelos e Cláudio Tovar, membros da formação original, amadureceram o desejo de montar um espetáculo e, mesmo sem patrocínio, foram em frente. A escolha do elenco não foi fácil. Ao todo, 450 rapazes se candidataram para a nova formação dos Dzi Croquettes, para que, no final, restassem apenas 12…

Foram três meses de trabalho duro, ensaiando com uma pequena ajuda de custos. Vontade e dedicação, porém, não faltaram! Ciro coreografou o espetáculo com a ajuda de Kiko Guarabira e Eliane Carvalho. Os figurinos são de Cláudio Tovar, que reciclou peças de seu antigo acervo, contando, também, com a ajuda de amigos e com o apoio da Werner Tecidos, tradicional aliada da cena brasileira…

Tovar teve, inclusive, colaboração de uma das figurinistas da novela Cheias de charme, que doou um dos figurinos das Empreguetes, depois de assistir ao espetáculo e ficar impressionada. O resultado, meus amores, é simplesmente bárbaro e prova que é possível fazer algo belo e de qualidade, mesmo sem grandes verbas, usando apenas a criatividade e a competência!…

Cena do espetáculo Dzi Croquettes em Bandália

O novo espetáculo Dzi Croquettes em Bandália, em cartaz no Teatro Leblon, conta com  dois antigos membros do grupo, Bayard Tonelli e o próprio Ciro Barcelos. Os novos rapazes no elenco são, digamos, mais encorpados e menos peludos que os década de 70, mas não menos talentosos!…

O grupo se entrega de corpo e alma ao palco. Há tempos não se via atores tão dedicados e apaixonados. Dá vontade de levantar da cadeira e sair dançando junto. O figurino maravilhoso de Cláudio ajuda a enriquecer ainda mais! Impossível imaginar todas as performances sem aquela caracterização primorosa. Como quando Ciro Barcelos aparece vestido de Carmen Miranda e até mesmo de espanhola, com enorme saia de cauda com babados, que se transforma em capote de toureiro, em um número magnífico de flamenco, ou, ainda, na homenagem emocionante a Lennie Dale, quando todos surgem de branco incorporando o coreógrafo-dançarino, ao som de O pato

Cena do espetáculo Dzi Croquettes em Bandália

“Este é um espetáculo para todos, mas, em especial, para as novas gerações que não tiveram o prazer de assistir ao vivo aos Dzi Croquettes. É claro que aquilo não se faz mais, é eterno e ficou. O espírito dos Dzi, contudo, permanece o mesmo”, diz Ciro Barcelos

E vocês aí, estão esperando o quê, hein? Corram para assistir aos Dzi, djááá!!!!…

Dzi Croquettes em Bandália
Teatro Leblon
Rua Conde Bernadotte, 26 – Leblon
Tel.: (21) 2529-7700
Quinta, sexta e sábado, às 21h; domingo às 20h
Espetáculo não recomendado para menores de 16 anos

4 ideias sobre “IMPERDÍVEL: OS DZI CROQUETTES ESTÃO DE VOLTA!

  1. Simplesmente ma-ra-vi-lho-so! Vi no último dia 22/12 e fiquei encantado. Tinha visto o documentário e fiquei fascinado com a história dos Dzi’s. E esse espetáculo é totalmente demais. Ciro Barcellos e os rapazes estão ótimos. Todos são lindos, com seus corpos maravilhosos à mostra. Muito bom mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *