HEBE PARTIU E NOS DEIXOU UMA LIÇÃO: PASSAR RECIBO, JAMAIS!

Hebe, despeço-me de você e com grande afeto e carinho. Mas não só da Hebe Camargo que algumas vezes me recebeu simpática em seu programa ou da Hebe que prestigiou a moda de minha mãe, Zuzu Angel, e sua memória…

Assim como não me despeço somente da Hebe festeira, que eu costumava encontrar nos jantares e casamentos elegantes do Rio e de São Paulo, sempre com suas joias fabulosas e suas gargalhadas mais opulentas ainda…

Eu me despeço da Hebe morena, depois loura, bem mais jovem, com grossas sobrancelhas pretas, da época da TV em preto e branco, que aparecia na tela cantando “se o azul do Céu escurecer / e a alegria na Terra fenecer / Não importa querido / Viverei do nosso amor”. Para concluir, elevando o tom da voz e da dramaticidade, e elevando também as sobrancelhas, que quase se juntavam no centro da testa neste momento: “Quando enfim a vida terminar / E dos sonhos nada mais restar / Num milagre supremo / Deus fará no Céu te encontrar!”…

Eu era menina, sim, era menina. Mas não perdia esses ‘momentos Hebe’ na TV, numa época em que a televisão prestigiava muito a música brasileira em sua programação. Tinha Ângela Maria, Dalva de Oliveira, Leny Eversong, Carminha Mascarenhas, Doris Monteiro, Cauby Peixoto, Nelson Gonçalves, nossos cantores populares enchiam os horários da TV. E Hebe era um desses cantores. Depois se revelou a apresentadora extraordinária…

Hebe, loura com sobrancelhas pretas grossas

Há alguns anos almoçamos juntas no restaurante Gourmet, do Zé Hugo, em Botafogo, com o dramaturgo Jesus Chediak. Ela estava fora da TV, num intermezzo, e a ideia era fazer uma peça de teatro e correr o Brasil com ela, contando sua história. O projeto não prosperou. Mas aquela tarde com Hebe, as tiradas dela, a ironia, nossas gargalhadas, isso, para mim, foi só prosperidade…

Agora lá está a Hebe, gargalhando no Paraíso, patrocinada por alguma marca de cerveja do Eden, coberta de estrelinhas, porque sem brilhos sobre o visual ela não passa, montada no salto agulha e abraçada à sua amiga mais amiga, Nair Belo

Hebe era católica, devota de Nossa Senhora de Fátima, mas, assim como Nair, era também espírita, acreditava em reencarnação, nas cartas psicografadas de Chico Xavier

Uma pena o Roberto Carlos não ter ido à homenagem prestada a ela em sua volta, depois da internação com a doença, como tantos importantes foram prestigiá-la. Ela não passou recibo. Hebe não era de passar recibo. Aliás, essa é uma fórmula dos vencedores: passar recibo, jamais! Lição de tia Hebe, não esqueçam…

15 ideias sobre “HEBE PARTIU E NOS DEIXOU UMA LIÇÃO: PASSAR RECIBO, JAMAIS!

    • É Muito Triste essa perda… Meu Coração Esta em Chamas. Ela Será A Estrela Da Televisão Do Céu Tendo Como Presidente DEUS…. Bjs Vá Com muita LUZ!!!!!!!!!!!! Claudinho Surette

    • Também estou sentido com a falta que Hebe Camargo fará em nossos corações. Tive o privilégio de conhece-la na Usina da Tijuca num grande jantar na fabulosa casa desta blogueira Hildergad Angel e deu para ver como ela era simpática e agradável. Certamente irá alegrar o Céu com seu sorriso sempre cativante. Descanse em paz.

  1. Adorei!
    Fico sem palavras diante desta perda,embora tão distante, mas ela fazia isso c\ agente, nos sentíamos próximos a ela.
    Estas palavras deixam uma boa lembrança,bem como ela merece. Um pouco de conforto, e pra quem acredita em continuidade da vida então…fica o conforto…aprendizados…saudades…

  2. Querida,
    sua mãe tbm não passava recibos e foi uma guerreira no sentido literal da palavra. Não tinha medo de nada e amava os filhos como uma leoa. Um beijo carinhoso neste dia triste pela grande perda de nossa querida Musa.

  3. Conseguiu levar para a televisão a própria personalidade fiel e coerente consigo mesma, não criou um personagem, ela era carismática na frente e atrás das câmaras e assim sobreviveu aos modismos e a fama passageira, firmando-se com sucesso absoluto. INCRÍVEL ! … Faz lembrar a genialidade de Chacrinha… rs

  4. Ela estava sozinha quando morreu? Vi na TV que o cuidador de cães chegou e pediu para um segurança ir ao quarto, porque estranhou o fato de Hebe não estar acordada. Tantos amigos e morreu tão só… É… independente de qualquer coisa, é isso que nos resta. Até porque fica difícil tirar o avião do hangar. Só mesmo depois que morre…

    • O que sabemos é o que saiu nos jornais, que Hebe foi encontrada já morta pelo segurança da casa.

  5. Descanse Em Paz!!!!
    Tudo vc podia!!!! Sabe Por quê? Porque Vc é HEBE…!!!
    ELA É ÚNICA…SEMPRE HEBE!!!!
    SEU SORRISO É MEU E DO BRASIL.
    QUE SAUDADE!!!!
    BJ COM SELINHO DO AMIGO VIRTUAL CLAUDINHO SURETTE – BH- MG

  6. Hilde, que lindo texto homenagem! Voce é sempre primorosa e muito feliz nas suas colocações. Como voce diz “Hebe não passava recibo”.

  7. Hilde, o seu texto me comoveu bastante! Acompanho o trabalho da Hebe desde pequeno e sempre torci muito por ela.Tive o prazer de trabalhar como tradutor nos anos 80 para o programa dela no SBT. Naquela época tive a oportunidade de conhecer uma mulher fantaástica, que tinha um “joie de vivre” tremendo e ao mesmo tempo sabia ser uma profissional de primeira linha. Depois que me radiquei nos Estados Unidos nossos caminhos se cruzaram mais algumas vezes como participando de um “fund raising” que a Câmara do Comércio Brasil Estados Unidos promoveu aqui em Miami em torno dela. Foi um sucesso fenomenal. Uma noite inesquecível. Ela conversou e tirou inúmeras fotos com todos os convidados. Sabia usar joias e roupas caras como ninguém. Ao mesmo tempo sabia ser simples e humilde. Difícil para muitos conciliar isso tudo….. Certa vez li numa revista que ela nunca iria para a Globo porque na Globo ela “nao conseguiria ser a Hebe que ela sempre foi”. Eu concordo. Mas foi bom vè-la na Globo, com certeza ela deixou estampado de uma vez por todas para todo o Brasil, quem na verdade ela era…..Classuda e honesta consigo mesma!!!! Conhecer o meu ídolo pessoalmente e aprender com ela foi simplesmente enriquecedor e gratificante.
    Rest in Peace.

    • Hebe era mesmo iluminada. Hoje o prefeito de São Paulo assinou decreto dando a ela o nome da Av. Perimetral na Zona Sul da cidade. Mais do que merecido.
      Abraços e muito obrigada,
      Hilde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *