Hans Dohmann vive muitas emoções na inauguração do Hospital da Mulher

Minutos antes da inauguração, nesta manhã, do Hospital da Mulher, em Bangu, o secretário municipal de Saúde, Hans Dohmann, teve notícia, via celular, do aperto pelo qual passava a mãe do saudoso compositor Zé Rodrix (“Eu quero uma casa no campo…”), precisando ser operada com urgência para a colocação de um cateter no rim, e o hospital particular a que recorreu, irregularmente, exigia o pré-depósito em garantia para aceitar a paciente…

O secretário Hans, já a solenidade armada e em andamento, acionou imediatamente sua assessoria via telefone. E nesta mesma manhã, a inauguração do Hospital da Mulher em Bangu ainda correndo, as providências estavam todas tomadas, e dona Maria de Lourdes Rodrigues Trindade, 87 anos, mãe do grande compositor carioca, sendo encaminhada e preparada para a cirurgia de emergência no Hospital Souza Aguiar, referência no estado na área de nefrologia. Eficiência e presteza é isso!…

Enquanto inaugurava o Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, o secretário Dohmann tratava de salvar a vida de outra mulher, aquela que gerou um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira: o compositor Zé Rodrix, legítimo filho de São Sebastião do Rio de Janeiro

Quanto ao hospital particular que burla a lei e exige depósito prévio para aceitar pacientes em situação aflitiva, pretendo voltar aqui a este assunto…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *