Frisson na Art Basel: neta de Picasso, mulher de Abramovich e mini Puppy de Jeff Koons

Pela segunda vez o grande highlight da temporada social da Art Basel foi o jantar de gala do Credit Suisse, reunindo os principais nomes do mundo das artes plásticas. A Art Basel, vocês sabem, é a feira de arte contemporânea mais importante da atualidade, e arte contemporânea é um tema preferencial deste blog. O jantar foi na Fundação Beyeler, na Suíça, tendo como grande homenageado da noite o arquiteto holandês Rem Koolhass, vencedor do Prêmio Pritzker e fundador do escritório OMA (Office for Metropolitan Architecture)…

Como deve ser, Koolhaas foi recebido à entrada pelos grandes anfitriões do evento, Urs Rohner, chairman of the board do Credit Suisse Group, Dasha Zhukova, diretora do Garage Center for Contemporary Art e mulher do bilionário russo Roman Abramovich, Hans Ulrich Obrist e Bryan Lourd, partner da CAA e agente dos atores George Clooney e Nathalie Portman. Meu Deus, quanta gente importante!…

E vejam a alta qualidade dos convidados circulando nos salões e no jardim da Beyeler: a modelo americana Stephanie Seymour e o marido, Peter Brant, industrial e art collector; Sidney Picasso, neta de Pablo Picasso; a arquiteta consagrada Zaha Hadid, que entre outras obras assina o Centro Aquático de Londres para os Jogos Olímpicos de 2012; Robbi Antonio, colecionador bilionário filipino; Sam Keller, ex-diretor da Art Basel e atual diretor da Fondation Beyeler; o It boy australiano PC Valmorbida – diretor da Prism Gallery em Los Angeles; Frederic Hutter – diretora da Katz Contemporary em Zurich; Hans Ulrich Obrist – curador da Serpentine Gallery em Londres; a artista plástica Olympia Scarry e Neville Wakefield, escritor, curador e comentarista sobre arte contemporânea, cultura e fotografia; Steve Cohen, mais importante colecionador do planeta e 35º mais rico do mundo…

O must da festa foi os convidados esbarrarem, no jardim da Fundação Beyeler, com uma obra do artista conceitual Jeff Koons: uma escultura colossal chamada Rocker Split, toda feita de jardim, na linha de uma outra famosa escultura dele, apesar de menor, a Puppy, que é um cachorro todo de flores, com 16 metros de altura…

Puppy foi feito por Koons em protesto por ele não ter participado da Documenta de Kassel, em 1992, quando ele quis, como vingança, comparar a cidade alemã à Disneylandia. Atualmente a escultura está no Museu Guggenheim de Bilbao. Puppy fez tanto sucesso que virou uma das esculturas emblemáticas de Koons. Agora, com esse outro bichinho aqui mostrado (parece um cachorro, né?), que o artista fez para a Art Basel, esperamos que ele não esteja também pretendendo comparar a cidade suíça de Basel à Disney. Esperamos… Mas cabeça de artista é como toga de juiz e bumbum de criança: ninguém pode controlar…ai, ai, ai…

credit 1 Frisson na Art Basel: neta de Picasso, mulher de Abramovich e mini Puppy de Jeff Koons credit 21 Frisson na Art Basel: neta de Picasso, mulher de Abramovich e mini Puppy de Jeff Koons

 

Crédito das fotos: Joe Schildhorn/BFAnyc.com

Guggenheim   Bilbao   06   Puppy   Jeff Koons Frisson na Art Basel: neta de Picasso, mulher de Abramovich e mini Puppy de Jeff Koons

E para matar a curiosidade de quem não conhece, aí está o Puppy, de Jeff Koons, com seus 16 metros de altura, diante do Guggenheim, em Bilbao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *