FOI, FOI MARINHEIRO, ‘FOI’ OS PEIXINHOS DO MAR…

Até meados da década de 1920, as listras navy eram associadas somente ao guarda-roupa masculino. Até que Coco Chanel passou a adotá-las, pois esperta e antenada do jeito que era, percebeu um certo charme naquelas listrinhas ordinárias que estampavam os uniformes de marinheiro. Com isso, Chanel ajudou a transformá-las em um clássico, sinônimo de elegância feminina também…

As francesas são loucas pela estampa. Não dá para pensar em uma musa do cinema ou da música que não tenha sucumbido ao charme das listras navy: Brigitte Bardot e Françoise Hardy são bons exemplos. Por estar associado ao universo náutico, este tipo de listrado também combina com o clima tropical brasileiro e é sempre ótima aposta para o nosso verão!…

navy musas

O navy é um look que não sai de moda e a cada temporada ganha novas releituras. Neste caso, não estamos falando apenas das camisetas ou vestidos listrados. Muitas peças, principalmente acessórios, trazem nelas outros itens do universo navy, como as cordas de marinheiro e as âncoras. E, hoje, mais do que nunca, as listras, não necessariamente, precisam ser nas combinações azul-marinho com branco e vermelho com branco…

Neste verão, mergulhe na onda navy!… 😉

navyEste post é uma matéria jornalística de serviço aos leitores sem qualquer conotação publicitária

Uma ideia sobre “FOI, FOI MARINHEIRO, ‘FOI’ OS PEIXINHOS DO MAR…

  1. Inclusive, a moda “navy” costuma fazer muito sucesso no calçadão da praia, ali, a partir da pedra do Leme, não é verdade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *