FILME SOBRE SORTE GRANDE JÁ ARRASTOU QUASE TRÊS MILHÕES AOS CINEMAS

“Até que a sorte nos separe” acaba de ultrapassar a marca dos 2,7 milhões de espectadores, o que o faz o filme nacional mais visto do ano!…

Não é de hoje que o sonho coletivo de ganhar na loteria arrasta multidões e lota as plateias…

Nos anos 70, uma peça chamada “Um edifício chamado 200”, com Milton Moraes, justamente sobre esse tema, um bilhete premiado da Loteria Esportiva, foi o maior fenômeno do teatro brasileiro da década. Sucedida em meados da década por outro sucesso, também superbombado: “Bonifácio Bilhões”, com Armando Bógus, Lima Duarte e euzinha (eu mesma, meus amores, depois substituída por Angela Leal), que também abordava bilhões ganhos na loteria (bilhões porque, com a inflação da época, milhão era pouco)…

A peça, do grande autor de comédias João Bethencourt, vai voltar agora ao cartaz com o José de Abreu no elenco, ensaiando a todo vapor, ele me contou…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *