Festival Internacional de Cinema Feminino

Zezé Motta é a homenageada deste ano do Festival Internacional de Cinema Feminino, Femina, que vai rolar na Caixa Cultural, de 3 a 8 de julho. Foram mais de 800 inscritos de 61 países. Destes, foram selecionados 90 filmes de 24 países, com produções dirigidas por mulheres e/ou com temas femininos. A sessão de homenagem a Zezé Motta será dia 8, com exibição do filme Xica da Silva, de Cacá Diegues, protagonizado por Zezé. Paula Alves e Eduardo Cerveira assinam a curadoria do festival, que promove ainda o seminário Femina, de 5 a 7 de julho, com participação de diretoras e estudiosos, debatendo com o público temas como identidade, sexualidade e gênero.

A sessão de abertura do Femina será no Cine Maison, dia 2, com pré-estreia do filme Histórias que só existem quando lembradas, premiado em festivais internacionais. A diretora Julia Murat estará presente, junto com outros diretores participantes do festival. O filme de abertura também será exibido na Caixa Cultural, dia 3…

Os filmes serão premiados nas categorias Grande Prêmio Femina, Prêmio Especial do Júri, Melhor Direção e Melhor Destaque Feminino. Os vencedores ganharão joia exclusiva da designer Junia Machado. Entre as convidadas internacionais do evento, estão a argentina Cynthia Judkowski, diretora de Mujeres en foco, e a holandesa Eveline Ketterings, diretora de Tamino, ambas juradas do festival…

Femina Zezé Motta Festival Internacional de Cinema Feminino

Zezé Motta, a homenageada do Femina 2012

Femina filme abertura Festival Internacional de Cinema Feminino

Cena do filme Histórias que só existem quando lembradas, de abertura do Festival Internacional de Cinema Feminino

Femina Tamino Festival Internacional de Cinema Feminino

Cena do filme Tamino, de Eveline Ketterings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *