Embarcando com Francesca, no Trem Bala ou no Orient Express

Quem cria moda, trabalha com moda, vive moda, não tem idade, pois todo o tempo se renova, renova-se com a moda.

Para acompanhar o ritmo veloz da criatividade dessa tribo esquisita, que, cada vez com maior pressa, transforma aquilo que nos cobre, veste, reveste, a cabeça do consumidor tem que ir no mesmo pique. Alguns conseguem, outros preferem se manter tradicionais.

Porém, sabido mesmo é aquele criador cuja mente corre em dois trilhos, servindo a todos. Aquele criador que desliza na velocidade do Trem Bala Maglev, a 603 km/h, em levitação magnética, o que faz a Francesca Romana Diana, quando lança uma linha de bijuterias em grafites de arte urbana; e aquele criador que também desliza, luxuoso e clássico como um Orient Express, trem mais famoso do mundo, com seu bar revestido em boiserie e lençóis de linho nas cabines leito, o que Francesca também faz, reapresentando à sua respeitável clientela as raras peças vintage do seu acervo.

E para quem for viajar, quer no Trem Bala, quer no Orient Express, vem aí a linha de valises para viagem da Francesca, elegante para todos os gostos, gêneros, idades, cabeças…

Francesca Romana recebendo o top das clientes para almoço em casa e exposição

Fotos de Hildegard Angel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *