E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

Entrega do Prêmio Personalidade Cidadania 2011, conferido, após eleição direta de um colegiado com cerca de cinco mil nomes de expressão, pelo jornal Folha Dirigida, a Associação Brasileira de Imprensa e o Centro de Informações das Nações Unidas, em solenidade no Jockey Club Brasileiro

Todos os homenageados compareceram, a não ser os dois únicos que se encontravam no exterior: Israel Klabin, que está em Nova York recebendo lá outro prêmio, também por sua luta pela preservação ambiental (foi representado pelo filho), e o prefeito Eduardo Paes, que, na Suíça, em reunião com vistas aos Jogos Olímpicos, foi representado pelo seu vice, Carlos Alberto Muniz

Solenidade bem orquestrada, em que cada homenageado falou no máximo apenas três minutos, com alguns highlights, como a fala iniciada por Beltrame: “Vou ser rápido, pois estou sentado entre a cruz e a espada. A cruz, é a de dom Orani Tempesta, a espada é a do ministro Carlos Lupi, espada de São Jorge, de que é devoto”. Meu palmômetro detectou que o secretário de Segurança foi o grande recordista em aplausos da noite, todas as vezes em que seu nome era citado. Presente, no lugar destacado aos “padrinhos”, que faziam a entrega das placas, Maria Rita Beltrame, a primeira-dama da Segurança no Estado…

O ministro Carlos Lupi também tinha lá, como madrinha, sua mulher, Angela. E na plateia toda a família Lupi – os filhos e até os netos. Todos prestigiando. Lupi fez discurso simpático sobre a causa trabalhista que abraçou, lembrando que começou a vida como jornaleiro. E era mesmo. Sua banca ficava ali na Praça Nossa Senhora da Paz, perto do Hippopotamus. E todas as manhãs, quando fechava sua boite, Ricardo Amaral passava por lá pedindo ao jornaleiro Lupi “um jornal quentinho”. Mais uma historinha carioca…

Outro que lembrou suas origens modestas foi o super astro internacional das artes plásticas, Vik Muniz. Contou que nasceu filho de garçon com telefonista e jamais pensou que alçaria à posição na vida que hoje tem. E tem mesmo, seu documentário Lixo extraordinário foi parar até no último Oscar

O professor de economia da PUC Sergio Besserman Vianna, irmão do Bussunda, arrancou várias gargalhadas com seu speech. Prova de que a veia humorística é de família…

Ancelmo Gois começou seu discurso dizendo que aquele era o melhor momento de sua vida, e concluiu enviando “um beijo no coração de todos vocês”…

O professor Arnaldo Niskier, o arcebispo dom Orani e o empresário Humberto Mota foram as outras personalidades premiadas da noite. Três entidades mereceram o prêmio “Personalidade Cidadania 2011”: o Clube de Engenharia, na pessoa de seu presidente, Francis Bogossian, o Ministério Público do Rio, através do procurador-geral de Justiça, Claudio Soares Lopes, e o Rotary Club RJ, representado por sua presidente, Alice Cavaliere Lorentz

No mais, os beijinhos e carinhos sem ter fim do casal nonagenário Guilherme e Raquel Levy (elegantíssima), mãos dadas todo o tempo, motivo de comentários e elogios entre as mulheres dos homenageados presentes. Ele falou em nome do Rotary Club, como ex-presidente…

Fotos de Sebastião Marinho e Fernando Alvim

Cidadania 4307 E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, recebe seu prêmio, entregue pelo bispo auxiliar

Cidadania 4340 E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

Premiados: o artista plástico Vik Muniz e o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame

Cidadania 4260 E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

Adolfo Martins, presidente da Folha Dirigida, a caminho de seu speech

Cidadania 4226 E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

O presidente do Crea, Agostinho Guerreiro, entre os premiados da noite, ministro Carlos Lupi, Francis Bogossian (Clube de Engenharia) e o secretário de Segurança José Mariano Beltrame

Cidadania 4202 E o irmão de Bussunda também sabe arrancar gargalhadas!

Raquel e Guilherme Levy, do Rotary Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *